Teresina, 25 de fevereiro de 2024
Logotipo do grupo DO POVO de Comunicação
BroadCast DO POVO. Serviço de notícias para veículos de comunicação com disponibilzação de conteúdo.
Pesquisar
Close this search box.
PUBLICIDADE

Antonio Fagundes explica tumulto na porta de teatro e diz que não tolera atrasos

Antonio Fagundes se manifestou na tarde desta quarta-feira (18) sobre notícias que circulam afirmando que a polícia foi chamada no último sábado (14) após um grupo de pessoas serem barradas na porta do teatro Clara Nunes, no Rio de Janeiro, porque chegaram atrasadas para a peça Baixa Terapia, na qual ele está no elenco.

“Turminha, procurem sempre chegar com pelo menos 30 minutos de antecedência ao nosso espetáculo. Entramos no palco rigorosamente no horário marcado, em respeito aos que se programaram para chegar na hora. É o justo, não acham? Então, não será permitida a entrada após o início não havendo troca de ingressos e/ou devolução do valor pago, caso isso aconteça. Espero vocês lá pra vivermos juntos uma experiência memorável, do início ao fim”, iniciou.

O ator explicou que no sábado foram vendidos 673 ingressos para a peça, marcada para as 20hs.

De acordo com o g1, a Polícia Militar foi chamada, no último sábado (14), para conter uma confusão do lado de fora do Teatro Clara Nunes.

Além de Fagundes, estão no elenco da comédia também: Ilana Kaplan, Mara Carvalho, Alexandra Martins, Fábio Espósito e Guilherme Magon.

Casada com o ator, Alexandra lamentou o episódio na postagem feita por ele no Instagram. “Tudo que fazemos é para o público. Fazer Teatro, sobre tudo no Brasil, é uma declaração de amor a plateia! Vambora!!”.

G1

PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM
ÚLTIMAS
PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA +

Notícias

Institucional

Para você

Notícias

Institucional

Para você