Teresina, 20 de maio de 2024
Logotipo do grupo DO POVO de Comunicação
BroadCast DO POVO. Serviço de notícias para veículos de comunicação com disponibilzação de conteúdo.
Pesquisar
Close this search box.
PUBLICIDADE

Presidente Biden mantém agenda internacional apesar da primeira-dama contrair Covid-19

O presidente dos EUA usará máscara como precaução, mas confirma participação na cúpula do G20 na Índia
Presidente Joe Biden discursa durante evento na capital Washington.
Joe Biden mantém agenda na cúpula do G20. Foto: Adam Schultz

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, confirmou que manterá sua agenda internacional, incluindo a participação na cúpula do G20 em Nova Délhi, apesar da primeira-dama, Jill Biden, ter testado positivo para covid-19. O presidente, que testou negativo para o vírus, usará uma máscara como medida de precaução.

Situação da primeira-dama

Jill Biden, de 72 anos, testou positivo para covid-19 na segunda-feira (4) e apresenta sintomas leves, incluindo febre, tosse e dor de garganta. Ela está sendo tratada em casa, em Rehoboth Beach, Delaware. A primeira-dama já está vacinada e recebeu duas doses de reforço da vacina contra a covid-19.

Precauções do presidente

Joe Biden, de 80 anos, que também está completamente vacinado, testou negativo para covid-19 em dois testes consecutivos. No entanto, como medida de precaução, ele usará uma máscara em locais fechados e em proximidade com outras pessoas. “O presidente removerá a máscara quando estiver a uma distância segura de outras pessoas em ambientes fechados e também quando estiver ao ar livre”, disse a secretária de imprensa da Casa Branca, Karine Jean-Pierre.

Impacto na agenda presidencial

O conselheiro de segurança nacional dos EUA, Jake Sullivan, confirmou que não haverá alterações na agenda internacional de Biden. O presidente viajará para Nova Délhi para participar da cúpula do G20 e terá uma reunião bilateral com o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi. “O presidente fará testes em ritmo regular esta semana e monitorará os sintomas”, acrescentou Jean-Pierre.

Repercussões e perguntas em aberto

A situação de saúde da primeira-dama levanta questões sobre o impacto na agenda do presidente, tanto doméstica quanto internacional. A Casa Branca não forneceu detalhes sobre quais medidas serão tomadas se Biden testar positivo para covid-19 antes ou durante sua viagem ao exterior.

PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM
ÚLTIMAS
PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA +

Notícias

Institucional

Para você

Notícias

Institucional

Para você