Teresina, 28 de maio de 2024
Logotipo do grupo DO POVO de Comunicação
BroadCast DO POVO. Serviço de notícias para veículos de comunicação com disponibilzação de conteúdo.
Pesquisar
Close this search box.
PUBLICIDADE

Transpetro busca renovação da frota de navios petroleiros no Brasil

Transpetro sinaliza para uma renovação da frota de navios petroleiros.
Navio Petroleiro

A renovação da frota de navios petroleiros da Transpetro, subsidiária da Petrobrás, foi tema de um evento realizado nesta segunda-feira (12) no Terminal da Baía da Ilha Grande – TEBIG, em Angra dos Reis (RJ). O presidente da Petrobrás, Jean Paul Prates, e o presidente da Transpetro, Sergio Bacci, estiveram presentes no encontro.

Durante o evento, foi anunciado que a Transpetro buscará a renovação de sua frota própria de navios no Brasil, com encomendas à indústria nacional. Atualmente, a empresa possui um total de 36 embarcações, sendo 26 de propriedade própria e o restante afretado.

Essa iniciativa é vista como um passo importante para a retomada da indústria naval brasileira, gerando empregos e renda no país. Deyvid Bacelar, coordenador-geral da Federação Única dos Petroleiros (FUP), comemorou a notícia e ressaltou a importância desse movimento para revitalizar os estaleiros nacionais.

Para viabilizar o projeto, está prevista uma reunião entre as diretorias do Sinaval (Sindicato Nacional da Indústria da Construção Naval) e da Petrobrás, que ocorrerá ainda nesta semana. Durante o encontro, serão apresentadas a capacidade de construção de sondas, navios e plataformas pelos estaleiros brasileiros, bem como a possibilidade de eles realizarem a manutenção dessas embarcações. A Transpetro já criou um grupo de trabalho para discutir o plano de retomada da construção de navios no Brasil.

Além da renovação da frota, a Transpetro também está se preparando para o processo de transição energética. A empresa planeja qualificar seus trabalhadores e incluir, nos próximos concursos públicos, exigências de cursos específicos nessa área.

A companhia está realizando importantes mudanças tecnológicas, como testes em navios utilizando 20% de bio óleo em conjunto com óleo bunker, buscando maior eficiência e economia de combustível, além do processo de descarbonização. Também estão sendo feitos ajustes em navios para o transporte de cargas de combustíveis verdes, incluindo biocombustíveis.

Durante a celebração dos 25 anos da Transpetro, o presidente da Petrobras destacou que a empresa, considerada a maior do setor na América do Sul, poderá prestar serviços também para outras empresas. Além disso, ressaltou a perspectiva de investimentos em terminais existentes, em parceria com a Petrobrás, fortalecendo ainda mais o setor.

PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM
ÚLTIMAS
PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA +

Notícias

Institucional

Para você

Notícias

Institucional

Para você