Teresina, 23 de maio de 2024
Logotipo do grupo DO POVO de Comunicação
BroadCast DO POVO. Serviço de notícias para veículos de comunicação com disponibilzação de conteúdo.
Pesquisar
Close this search box.
PUBLICIDADE

Banco do Nordeste anuncia R$ 37,8 Bilhões para desenvolvimento regional em 2024

O Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) terá um aumento de 9,25% em relação ao valor inicialmente previsto para 2023, visando impulsionar setores estratégicos da economia.
Sala de reuniões na sede do BNB. Sentados à mesa, membros do governo Lula e dirigentes do Banco do Nordeste. Ao fundo, um painel com a logomarca do banco e do governo federal.
Reunião com o MIDR, Sudene e governos estaduais para planejar a execução do FNE em 2024. Foto: BNB.

Teresina – O Banco do Nordeste (BNB) anunciou que contará com R$ 37,8 bilhões do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) para investir em sua área de atuação no próximo ano. O valor representa um aumento de R$ 3,2 bilhões (9,25%) em relação ao montante inicialmente previsto para 2023, que era de R$ 34,6 bilhões.

Planejamento estratégico

A programação do FNE para 2024 foi apresentada em uma reunião na sede do Banco do Nordeste em Fortaleza, com a participação do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR), a Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) e o próprio BNB. O encontro teve como objetivo planejar a execução do FNE, considerando diversos aspectos como demandas regionais, políticas públicas, setores produtivos estratégicos e oportunidades de negócio.

Visão de futuro do Banco do Nordeste

Aldemir Freire, diretor de Planejamento do BNB, destacou a importância do diálogo com os setores produtivos. “Visualizamos uma década de expansão significativa de investimentos na Região, não só nas áreas tradicionais como comércio, serviço, agricultura e indústria tradicional, mas também na manutenção da geração de energias limpas, eólica offshore, transmissão, hidrogênio verde, saneamento e logística”, afirmou Freire.

Próximos passos

As definições para a programação do FNE continuarão em reuniões de trabalho previstas para setembro. Estas serão baseadas em estudos e análises econômicas, indicadores sociais, econômicos e ambientais. Os encontros contarão com a participação de federações das indústrias, de agricultura e pecuária, Sebrae, câmaras setoriais de comércio, serviços e turismo, além de representantes dos governos estaduais e do Consórcio Nordeste.

Desempenho em 2023

Até julho deste ano, as aplicações do FNE no Piauí somaram R$ 2,2 bilhões, realizadas por meio de 33,2 mil operações, um aumento de 18% em relação ao mesmo período do ano anterior. Em toda a área de atuação do Banco, as aplicações do FNE ultrapassaram R$ 24 bilhões nos primeiros sete meses do ano, um aumento de 23% em comparação com 2022. Os setores mais beneficiados foram infraestrutura, com R$ 7,5 bilhões, seguido por agricultura (R$ 5,9 bilhões), pecuária (R$ 3,8 bilhões) e indústria (R$ 1,8 bilhão).

O aumento no orçamento do FNE para 2024 abre novas oportunidades para diversos setores da economia nordestina.

PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM
ÚLTIMAS
PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA +

Notícias

Institucional

Para você

Notícias

Institucional

Para você