Teresina, 15 de abril de 2024
Logotipo do grupo DO POVO de Comunicação
BroadCast DO POVO. Serviço de notícias para veículos de comunicação com disponibilzação de conteúdo.
Pesquisar
Close this search box.
PUBLICIDADE

Brasil lidera América do Sul em fraudes de cartão de crédito, aponta relatório da NordVPN

Com 144 mil ocorrências em 2023, país é o quinto mais afetado no mundo em fraudes de cartão de crédito; informações extras de vítimas agravam riscos.
Brasil é o país da América do Sul onde mais ocorre fraudes de cartão de crédito
Brasil lidera raking em fraudes de cartão de crédito.

O Brasil lidera a América do Sul em termos de fraudes relacionadas a cartões de crédito, com cerca de 144 mil ocorrências relatadas em 2023, segundo informações da NordVPN, empresa especializada em cibersegurança. Essa estatística coloca o país como o quinto mais afetado por esse tipo de delito no mundo.

Conforme o índice de risco de fraude com cartões da NordVPN, que varia de 0 a 1, o Brasil registra 0,56, colocando-o na 38ª posição entre os 98 países analisados. Os pesquisadores da empresa estimam que o valor médio de um cartão de crédito vendido na dark web é de R$ 42,94.

“Os cartões encontrados pelos nossos pesquisadores são apenas a ponta do iceberg. A quantidade de informações que acompanha esses cartões os torna muito mais perigosos”, alerta Adrianus Warmenhoven, consultor de segurança cibernética da NordVPN.

No Brasil, mais de um terço dos cartões vendidos por criminosos cibernéticos na dark web são acompanhados por dados pessoais adicionais das vítimas, tais como número de telefone, endereço de e-mail e, em alguns casos, até mesmo endereço residencial. Esses dados complementares intensificam os riscos e as potenciais consequências desses crimes, que podem chegar ao extremo de roubo de identidade.

Warmenhoven adverte sobre a evolução das técnicas de fraude: “Anteriormente, as fraudes com cartões de pagamento eram perpetradas por meio de técnicas de força bruta. Hoje em dia, os métodos de roubo são mais sofisticados, incluindo phishing e malware”.

Para prevenir tais ataques e proteger contra vazamentos de dados, o especialista da NordVPN recomenda:

  • Estabelecer senhas fortes e exclusivas para todos os serviços utilizados;
  • Ativar notificações no aplicativo do banco para acompanhar todas as transações em tempo real e identificar qualquer atividade suspeita imediatamente;
  • Mudar nome de usuário e senha sempre que ocorrer uma violação de dados em algum serviço que você utilize;
  • Usar um software antivírus de confiança, inclusive em dispositivos móveis.

Essas estratégias podem ajudar a diminuir a exposição a crimes cibernéticos relacionados a fraudes de cartão de pagamento e resguardar os usuários das consequências potencialmente danosas desses ataques.

PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM
ÚLTIMAS
PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA +

Notícias

Institucional

Para você

Notícias

Institucional

Para você