Teresina, 23 de maio de 2024
Logotipo do grupo DO POVO de Comunicação
BroadCast DO POVO. Serviço de notícias para veículos de comunicação com disponibilzação de conteúdo.
Pesquisar
Close this search box.
PUBLICIDADE

Produção mundial de aço bruto cresce 1,7% em março de 2023, impulsionada pela Ásia e Oceania

A produção mundial de aço bruto atingiu 165,1 milhões de toneladas em março de 2023, com um aumento de 1,7% em relação ao mesmo período em 2022. A Ásia e a Oceania foram as regiões com maior produção, enquanto o Oriente Médio e a América do Sul apresentaram quedas significativas. A China se mantém como o maior produtor de aço, seguida por Índia, Japão e Estados Unidos.
Fotografia de uma siderúrgica em pleno funcionamento, mostrando barras de aço bruto superaquecidas sendo produzidas. As barras incandescentes são visíveis saindo do processo de fabricação e sendo transportadas por esteiras.
Interior de uma siderúrgica produzindo aço bruto. Foto: MetalInvest

A produção mundial de aço bruto registrou um aumento de 1,7% em março de 2023, alcançando 165,1 milhões de toneladas, em comparação ao mesmo mês do ano anterior, conforme dados divulgados pela worldsteel. A maior parcela dessa produção foi proveniente da Ásia e Oceania, com 124,8 milhões de toneladas no período.

Por outro lado, os países do Bloco Europeu produziram 11,9 milhões de toneladas de aço em março de 2023, representando uma queda de quase 6% em relação ao ano anterior. O Oriente Médio também sofreu uma redução expressiva na produção de aço, com 3,1 milhões de toneladas de aço bruto, diminuindo 17,5% na comparação anual.

gráfico mostra a produção mundial de aço bruto
Gráfico mostra o crescimento da produção mundial de aço bruto

O aço é um metal amplamente utilizado em hidrelétricas, termelétricas, usinas nucleares, torres de transmissão, cabos elétricos, tubulações e equipamentos de extração de petróleo.

Em março de 2023, a África registrou uma produção de 1,4 milhões de toneladas, alta de 8,4% em relação a março de 2022. A América do Norte teve uma produção de 9,3 milhões de toneladas, queda de 2,6%. A Rússia e outros países do CIS + Ucrânia produziram 7,6 milhões de toneladas, alta de 3,0%. A América do Sul, por sua vez, produziu 3,5 milhões de toneladas, representando uma queda de 7,6%.

A tabela da worldsteel inclui 63 países, que juntos representaram aproximadamente 97% da produção mundial total de aço bruto em 2022. Entre os 10 maiores países produtores de aço, a China lidera com 95,7 milhões de toneladas produzidas em março de 2023, um aumento de 6,9% em relação a março de 2022. A Índia produziu 11,4 milhões de toneladas, alta de 2,7%, enquanto o Japão registrou uma produção de 7,5 milhões de toneladas, queda de 5,9%. Os Estados Unidos produziram 6,7 milhões de toneladas, uma diminuição de 2,1%, e o Brasil, com 2,7 milhões de toneladas, apresentou queda de 8,7%.

PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM
ÚLTIMAS
PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA +

Notícias

Institucional

Para você

Notícias

Institucional

Para você