Teresina, 23 de maio de 2024
Logotipo do grupo DO POVO de Comunicação
BroadCast DO POVO. Serviço de notícias para veículos de comunicação com disponibilzação de conteúdo.
Pesquisar
Close this search box.
PUBLICIDADE

Presidente Lula se encontra com Nicolás Maduro e agenda conversa com o Papa Francisco

O Presidente brasileiro Lula recebeu o ditador venezuelano Nicolás Maduro em Brasília e agendou uma conversa por telefone com o Papa Francisco. Os encontros refletem a intenção de fortalecer os laços regionais e buscar parcerias para o desenvolvimento econômico da América do Sul. Saiba mais sobre essas reuniões e suas pautas.
Presidente Lula recebe Nicolás Maduro no Planaltol. Foto: Marcelo Camargo

O Presidente brasileiro Lula recebeu o ditador venezuelano Nicolás Maduro em Brasília na segunda-feira, 29 de maio, dois dias antes de uma conversa programada por telefone com o Papa Francisco. A visita de Maduro, que foi calorosamente recebida, ocorreu em meio a uma cúpula de líderes da América do Sul, que contou com a presença de 11 presidentes. Nas redes sociais, Maduro agradeceu pela acolhida e expressou o desejo de reforçar a união dos povos do continente durante sua visita ao Brasil​​.

Lula e Maduro discutiram avanços no processo de normalização das relações bilaterais entre Brasil e Venezuela, incluindo a reabertura das respectivas embaixadas e setores consulares, bem como a recente designação do Embaixador da Venezuela no Brasil​. Também foram abordados temas prioritários para aprofundar o diálogo em todas as áreas da relação. Destaque foi dado aos temas fronteiriços, com ênfase na proteção das populações que residem nessas áreas, incluindo os povos Yanomami​1​. O objetivo do encontro foi promover um diálogo franco entre todos os países, identificando denominadores comuns e reativando a agenda de cooperação sul-americana em áreas-chave​1​.

Em relação à conversa telefônica agendada com o Papa Francisco para quarta-feira, 31 de maio, Lula pretende tratar com Sua Santidade sobre o processo de paz entre Rússia e Ucrânia, a agenda climática e o combate às desigualdades​. É importante ressaltar que o Papa Francisco tem demonstrado simpatia por Lula, tendo criticado a condenação do presidente brasileiro e defendido Dilma Rousseff, a quem chamou de “uma mulher de mãos limpas”​.

Esses encontros e conversas refletem a intenção do presidente Lula de fortalecer os laços regionais e buscar parcerias para o desenvolvimento econômico da América do Sul, conforme expressou em suas redes sociais​​.

PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM
ÚLTIMAS
PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA +

Notícias

Institucional

Para você

Notícias

Institucional

Para você