Teresina, 23 de maio de 2024
Logotipo do grupo DO POVO de Comunicação
BroadCast DO POVO. Serviço de notícias para veículos de comunicação com disponibilzação de conteúdo.
Pesquisar
Close this search box.
PUBLICIDADE

Franzé Silva ganha terreno enquanto Dr. Pessoa sente a ameaça de um ‘Governo Paralelo’ em Teresina

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, expressou preocupação com a possibilidade de um "governo paralelo" e afirmou que combaterá qualquer interferência indevida em sua administração municipal. O deputado estadual Franzé Silva, presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, tem se destacado como um forte concorrente nas eleições de 2024. Outro pré-candidato é o deputado federal Merlong Solano, também do PT. Franzé Silva tem recebido apoio de diversos partidos e lideranças políticas em Teresina. Pesquisas indicam que Sílvio Mendes lidera as preferências dos eleitores, seguido por Bárbara do Firmino.
Mesmo sem o apoio formado do Karnak, Franzé Silva consolida pré-candidatura em movimentos precisos.
Franzé Silva consolida sua candidatura com movimentos político precisos dentro e fora do PT

Em uma recente entrevista ao GP1, o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (Republicanos), enfatizou seu compromisso com a independência do governo municipal, jurando combater qualquer tentativa de formação de um “governo paralelo” à sua gestão no Palácio da Cidade. Ele assegurou que, apesar de sua boa relação com o Governo do Estado, não hesitará em se opor a qualquer interferência indevida em sua administração municipal.

A declaração revela o incômodo do prefeito com as movimentações do PT, partido do governador Rafael Fonteles. Mas não necessariamente com a atuação do Palácio de Karnak. A mensagem do prefeito de Teresina parece ser dirigida a outro Palácio, o Petrônio Portela, casa do Legislativo, presidida pelo deputado estadual Franzé Silva, até agora o principal adversário dos planos de reeleição do Dr. Pessoa.

dr. pessoa declarou não aceitar um "governo paralelo" diante da sua gestão municipal.
Dr. Pessoa diz não aceitar um “governo paralelo” diante da sua gestão municipal

Rumo às eleições de 2024

Essa declaração vem em meio à movimentação política para as eleições de 2024, quando o prefeito atual tentará a reeleição e os demais partidos vão buscar a cadeira de chefe do Palácio da Cidade. A situação política em Teresina está se mostrando complexa, com diversos pré-candidatos já posicionados para a corrida eleitoral.

Franzé Silva (PT), atual presidente da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), tem se destacado como um forte concorrente. Ele tem enfatizado a necessidade de ajudar Teresina a superar seus problemas e tem defendido que o diálogo político precisa acontecer com responsabilidade e sensibilidade para com a situação da cidade. Tem conseguido dialogar. E muito.

Mesmo sem o apoio do governador Rafael Fonteles, Franzé tem avançado muito e reunido partidos em torno do seu nome. Se Fonteles não ajuda, até agora, não tem atrapalhado os planos do seu correligionário.

Os pré-candidatos e a situação política

Outro pré-candidato “notável” é o deputado federal Merlong Solano (PT), que recentemente rejeitou a ideia de retirar sua pré-candidatura à Prefeitura de Teresina, afirmando que a existência de vários candidatos fortalece e movimenta o Partido dos Trabalhadores na capital. Solano também enfatizou que, no final do processo, todos os pré-candidatos do PT devem se unir para apoiar o candidato escolhido pelo partido para concorrer à prefeitura​.

Depois de circular a informação de que Merlong Solano destisria para apoiar Franzé, ele mesmo desmentiu o fato na imprensa nesta terça-feira(23). “Retirar meu nome não”, afirmou.

Atualmente, o Partido dos Trabalhadores tem quatro pré-candidatos à prefeitura de Teresina: além de Merlong Solano e Franzé Silva, também estão no páreo os deputados estaduais Dr. Vinicius Nascimento e Fábio Novo​. Mas tudo indica que destes, quem montou o cavalo selado foi realmente Franzé Silva.

Apoios e aspirações

Franzé Silva, além de sua posição como presidente da Alepi, tem atraído o apoio de muitos partidos, vereadores e suplentes da capital. Há quem aposte que o nome preferido do governador Rafael Fonteles (PT) seja o do deputado estadual Dr Vinícius (PT), mas Franzé tem se mostrado capaz de movimentar corretamente as peças no tabuleiro político de Teresina​​.

O palco eleitoral segundo as pesquisas

De acordo com uma pesquisa recente, do Instituo Opinar, realizada há cerca de um mês, Sílvio Mendes (União Brasil) lidera a preferência dos eleitores com 27,50%, seguido por Bárbara do Firmino (Progressistas) com 21,63% e Joel Rodrigues (Progressistas) com 7,63%.

Os candidatos do PT aparecem mais adiante, com Fábio Novo registrando 5,75% e Dr. Vinícius 3,25%. Franzé Silva e Dr. Pessoa estão tecnicamente empatados, com 2,13% e 3,13% respectivamente​​.

O futuro da política em Teresina

À medida que a eleição de 2024 se aproxima, o cenário político de Teresina se mostra cada vez mais complexo e competitivo. Embora o prefeito atual, Dr. Pessoa, esteja firmemente contra qualquer “governo paralelo”, a competição entre os pré-candidatos é acirrada. Com muitos postulantes fortes e a incerteza do eleitorado, que registra 11,01% de indecisos, a eleição promete ser emocionante e imprevisível.

PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM
ÚLTIMAS
PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA +

Notícias

Institucional

Para você

Notícias

Institucional

Para você