Teresina, 22 de junho de 2024
Logotipo do grupo DO POVO de Comunicação
BroadCast DO POVO. Serviço de notícias para veículos de comunicação com disponibilzação de conteúdo.
Pesquisar
Close this search box.
PUBLICIDADE

Concurso da Polícia Civil realizado em 2018 no Piauí terá formação de cadastro de reserva

Deputados da Assembleia Legislativa do Piauí aprovaram o Projeto de Lei Ordinária do Governo que autoriza o concurso da Polícia Civil realizado em 2018 a ter formação de cadastro de reserva.
Deputados da Assembleia Legislativa do Piauí aprovam projeto que autoriza a formação de cadastro de reserva para concurso da Polícia Civil realizado em 2018 no estado.
Deputado Ziza Carvalho | Foto: Alepi

Um concurso realizado em 2018 pela Polícia Civil do Piauí terá a formação de cadastro de reserva, segundo aprovado pelos deputados nas comissões técnicas de Constituição e Justiça (CCJ) e Administração Pública e Política Social (CAPPS) da Assembleia Legislativa do Piauí. O edital prevê a seleção de Delegados, Agentes e Peritos Médicos Legistas para a Polícia Civil do estado. A medida atende às demandas da categoria e dos deputados Marden Menezes (Progressistas) e Coronel Carlos Augusto, atual Secretário de Justiça do estado.

Menezes comemorou a aprovação e destacou a importância da medida para a categoria: “Essa é uma luta histórica do nosso trabalho aqui na Assembleia, tanto em relação à Polícia Militar, quanto à Polícia Civil. E entendemos que a proposta é de muito bom senso”, afirmou. O deputado também aproveitou para cobrar do governo a convocação dos 4 mil policiais militares prometidos.

Deputados aprovam projeto que autoriza a formação de cadastro de reserva para concurso da Polícia Civil realizado em 2018 no Piauí

O relatório apresentado por Ziza Carvalho (MDB) apontou que já há decisão do Supremo Tribunal Federal que garante a constitucionalidade da matéria. Tanto o líder do governo, Fábio Novo (PT), quanto o deputado Gessivaldo Isaías (Republicanos) elogiaram a medida, destacando a importância do reforço na segurança pública do estado. O secretário de Segurança, Chico Lucas, recebeu os parabéns do presidente da CCJ, Francisco Limma (PT), pela objetividade com a qual tem tratado os temas da área e como recebeu as demandas dos policiais civis.

PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM
ÚLTIMAS
PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA +

Notícias

Institucional

Para você

Notícias

Institucional

Para você