Teresina, 15 de abril de 2024
Logotipo do grupo DO POVO de Comunicação
BroadCast DO POVO. Serviço de notícias para veículos de comunicação com disponibilzação de conteúdo.
Pesquisar
Close this search box.
PUBLICIDADE

Ataques de Drones intensificam-se em Kiev e Moscou

A Ucrânia e a Rússia enfrentam uma onda de ataques de drones, causando danos e levando os residentes a procurar abrigo.
Crianças fogem durante ataque de drones em Kiev, Ucrânia.
Crianças correm durante ataque de drones em Kiev.

Na terça-feira, antes do amanhecer, a capital da Ucrânia, Kiev, foi alvo de um ataque aéreo lançado pela Rússia, resultando na morte de pelo menos uma pessoa. Este foi o terceiro ataque à cidade nas últimas 24 horas, de acordo com a Administração Militar de Kiev.

Onda de ataques em Kiev

Os residentes de Kiev foram forçados a buscar refúgio em abrigos para escapar de uma série implacável de bombardeios diurnos e noturnos. O zumbido dos drones podia ser ouvido antes do amanhecer, seguido de fortes explosões à medida que eram derrubados pelos sistemas de defesa aérea.

Pelo menos 20 drones explosivos Shahed foram destruídos pelas forças de defesa aérea no espaço aéreo de Kiev. No total, a Ucrânia abateu 29 dos 31 drones disparados contra o país, a maioria na área de Kiev, de acordo com a força aérea.

Um prédio alto no distrito de Holosiiv foi atingido, causando um incêndio que deixou três pessoas feridas. Os dois andares superiores do prédio foram destruídos e há a possibilidade de pessoas estarem sob os escombros. Mais de 20 pessoas foram evacuadas do local.

Ataques a bases aéreas ucranianas

O Ministério da Defesa da Rússia informou que lançou uma série de ataques na segunda-feira contra bases aéreas ucranianas com mísseis de precisão de longo alcance lançados do ar. Esses ataques resultaram na destruição de postos de comando, radares, aeronaves e estoques de munição.

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, manifestou-se sobre os ataques Russos. “Ninguém mais no mundo usa armas contra o mal com mais eficácia do que os ucranianos. E esta é uma tarefa global comum – impedir que a Rússia torne o terror algo comum no mundo, de modo que leve outra pessoa a pegar esse vírus maligno”, afirmou em sua rede social.

Moscou também é alvo de ataques

Enquanto isso, em Moscou, o prefeito Sergei Sobyanin confirmou que a capital russa também foi atacada por drones. Moradores relataram ter ouvido explosões e dois prédios danificados tiveram que ser evacuados. Sobyanin afirmou que o ataque causou “danos insignificantes” a vários edifícios e duas pessoas receberam atendimento médico por ferimentos não especificados.

Andrei Vorobyov, governador da região mais ampla de Moscou, afirmou que vários drones foram “abatidos ao se aproximarem de Moscou”. Até o momento, não houve comentários sobre os ataques por parte de autoridades ucranianas.

Esses ataques marcam uma escalada significativa no conflito entre a Ucrânia e a Rússia, com a utilização de drones se tornando uma tática cada vez mais comum.

PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM
ÚLTIMAS
PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA +

Notícias

Institucional

Para você

Notícias

Institucional

Para você