Teresina, 28 de maio de 2024
Logotipo do grupo DO POVO de Comunicação
BroadCast DO POVO. Serviço de notícias para veículos de comunicação com disponibilzação de conteúdo.
Pesquisar
Close this search box.
PUBLICIDADE

A batalha de Franzé Silva pela vaga do PT já tem um exército

Numa demonstração de força, Franzé Silva reuniu cerca de 200 pré-candidatos a vereador por sete partidos. Mas sua vaga no PT ainda não está garantida.
Franzé Silva reuniu centenas de pré-candidatos a vereador na última quinta-feira(29)
Franzé Silva e seu exército de pré-candidatos.

Numa exibição de força política aparente na última quinta-feira (29), o pré-candidato à prefeitura de Teresina pelo PT, Franzé Silva, conseguiu reunir uma verdadeira multidão de pré-candidatos a vereador de diversos partidos, entre eles Podemos, Agir, PMN, PMB, Solidariedade e Rede Sustentabilidade.

“Mais de 200 pré-candidatos a vereadores e vereadoras que apoiam minha pré-candidatura a prefeito de Teresina reunidos!”, disse Franzé em sua rede social.

No entanto, a presença da alta cúpula do PT foi notavelmente discreta, exceto pelo comparecimento de Gilberto Paixão, vice-presidente do diretório municipal. Parece que os vereadores da capital ainda estão em cima do muro, jogando um jogo de cautela política.

Deixando de lado a aparência de unidade e força, aqueles familiarizados com as maquinações internas da política logo percebem que a verdadeira autoridade que comanda essas tropas não é Franzé Silva, mas sim o deputado estadual Evaldo Gomes (SDD). Seja de forma direta ou indireta, a formação dos partidos que apoiam o presidente da Assembleia foi, sem dúvida, uma estratégia cuidadosamente orquestrada por Gomes, que vem se estabelecendo como um astuto articulador político.

Evaldo Gomes, o grande articulador

A despeito das aparências, o verdadeiro vencedor ainda não é Franzé. Aquele que de fato está conquistando terreno no complexo tabuleiro do poder é Evaldo Gomes. Até o momento, ele tem sido o maestro responsável por reunir os partidos ao redor da candidatura de Franzé, atraindo adesões importantes, como a recente de Gessy Lima.

A cada dia, Evaldo Gomes fica mais valorizando diante do olhar atento do governador Rafael Fonteles.

Num cenário improvável em que Franzé não seja confirmado pelo diretório municipal do PT em Teresina, é Gomes quem poderia capitalizar essa falha, beneficiando Fábio Novo, o candidato preferido do governador Rafael Fonteles. Contudo, para isso seria necessário vencer a resistência de Franzé dentro do PT, um desafio nada trivial, mesmo para o governador do Piauí.

A estratégia conservadora

Os pré-candidatos do PT parecem estar buscando o apoio do eleitorado mais conservador. Franzé Silva tenta seduzir os evangélicos por meio do apoio de Gessy Lima, um golpe estratégico contra Fábio Novo, cujas pesquisas apontam como mais fraco neste aspecto.

Foi uma fonte próxima que revelou a existência dessas pesquisas, que indicam a necessidade de Novo se aproximar dos setores mais conservadores da sociedade. Neste contexto, nada parece mais apropriado do que uma visita ao Papa.

A santa esperança de Fonteles

Em sua aposta audaciosa, Rafael Fonteles buscou um respaldo conservador no próprio Vaticano. O claro sinal do governador de levar Fábio Novo em sua comitiva para visitar o Papa mostra que Fonteles não está de brincadeira.

PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM
ÚLTIMAS
PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA +

Notícias

Institucional

Para você

Notícias

Institucional

Para você