Teresina, 12 de abril de 2024
Logotipo do grupo DO POVO de Comunicação
BroadCast DO POVO. Serviço de notícias para veículos de comunicação com disponibilzação de conteúdo.
Pesquisar
Close this search box.
PUBLICIDADE

Donald Trump se entrega à Justiça e nega acusações

Ex-presidente dos EUA enfrenta 37 acusações. Em todas, Trump se declara inocente. Parte delas são crimes federais que podem levar até 10 anos de reclusão.
Donald Trump se entrega à Justiça em Miami
Ex-presidente Donald Trump se entrega à Justiça e nega acusações de crimes federais. Foto: Reuters.

O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, apresentou-se voluntariamente à Justiça nesta terça-feira (13), em um caso inédito em que é acusado de retenção ilegal de documentos de segurança nacional. O julgamento, ocorrendo na Corte Federal de Miami, Flórida, marca a primeira vez que um ex-presidente americano é formalmente indiciado por crimes federais.

Diante das 37 acusações que enfrenta, Trump declarou-se inocente. Dentre estas, 31 estão relacionadas à retenção ilegal e intencional de documentos, delito que, se comprovado, pode resultar em até 10 anos de reclusão.

Acusações contra Donald Trump

Uma extensa lista de supostos crimes praticados pelo ex-presidente Donald Trump inclui obstrução de Justiça, ocultação de documentos e registros durante investigação federal, esquema de ocultação, bem como declaração ou representação falsa.

Acompanhado de Walt Nauta, seu ex-assessor e coacusado no caso, Trump compareceu à audiência presidida pelo juiz Jonathan Goodman. A sessão ocorreu a portas fechadas, sem a presença da imprensa ou quaisquer transmissões ao vivo.

Do lado de fora do tribunal, porém, o cenário era turbulento. Multidões de apoiadores de Trump reuniram-se, empunhando bandeiras e expressando sua solidariedade ao ex-presidente. Segundo a Reuters, as autoridades de Miami anteciparam-se à possibilidade de aglomeração de até 50 mil pessoas e a potenciais surtos de violência, ecoando o tumultuado ataque ao Capitólio dos Estados Unidos ocorrido em 6 de janeiro de 2021.

As acusações contra Trump surgem após um mandato presidencial marcado por controvérsias. Sua atual situação jurídica promete adicionar mais um capítulo conturbado à trajetória do ex-presidente no cenário político americano.

PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM
ÚLTIMAS
PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA +

Notícias

Institucional

Para você

Notícias

Institucional

Para você