Teresina, 19 de abril de 2024
Logotipo do grupo DO POVO de Comunicação
BroadCast DO POVO. Serviço de notícias para veículos de comunicação com disponibilzação de conteúdo.
Pesquisar
Close this search box.
PUBLICIDADE

Mulher é encontrada morta em apartamento no centro de Belo Horizonte, ex-companheiro é preso suspeito do crime

Mulher econtrada morta no Edifício Itatiaia, em Belo Horizonte.
Edifício Itatiaia onde uma mulher fo encontrada morta em BH

Na noite de domingo (4), Maria do Carmo Rodrigues de Lima, de 46 anos, foi encontrada morta com sinais de violência dentro de um apartamento no Edifício Itatiaia, um dos prédios mais tradicionais de Belo Horizonte, localizado na Praça da Estação, no Centro da cidade. Um ex-companheiro da vítima, identificado como Max Haney dos Santos Veloso, de 34 anos, foi preso como suspeito do crime.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), o suspeito confessou ter estrangulado a mulher no sábado (3) após uma briga. Max Haney dos Santos Veloso já havia sido preso no dia 21 de maio por descumprir uma medida protetiva contra a vítima, mas foi liberado no dia seguinte por liberdade provisória sem o pagamento de fiança. Posteriormente, no dia 27, o suspeito agrediu novamente Maria do Carmo e a ameaçou de morte caso ela não retirasse a medida protetiva.

O suspeito, que vive em situação de rua, foi preso neste domingo pela PM no bairro Floresta, localizado na Região Centro-Sul da capital. Vizinhos foram os responsáveis por acionar a polícia ao notarem que a porta do apartamento da vítima estava arrombada e, ao entrarem, encontraram o corpo no quarto, envolto em cobertores.

A perícia foi acionada e constatou a morte de Maria do Carmo. De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima possuía diversos registros de ameaças e brigas contra o suspeito, sendo três ocorrências somente no mês de maio. O suspeito já possui passagens por crimes como tráfico de drogas, roubo, lesão corporal, ameaças, estelionato e ocorrências relacionadas à violência contra a mulher.

O caso chama a atenção para a necessidade de fortalecer as medidas de proteção e combate à violência doméstica, bem como para a importância de políticas públicas que ofereçam suporte e amparo às vítimas. A violência contra a mulher é uma triste realidade que precisa ser enfrentada de forma efetiva, visando garantir a segurança e a dignidade das mulheres em nossa sociedade.

Esta reportagem é baseada nas informações fornecidas pelo editor e segue as diretrizes comuns de relato de casos de violência doméstica. Como repórter simulado, meu objetivo é apresentar as informações de forma contextualizada.

PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM
ÚLTIMAS
PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA +

Notícias

Institucional

Para você

Notícias

Institucional

Para você