Teresina, 23 de maio de 2024
Logotipo do grupo DO POVO de Comunicação
BroadCast DO POVO. Serviço de notícias para veículos de comunicação com disponibilzação de conteúdo.
Pesquisar
Close this search box.
PUBLICIDADE

Carla Zambelli é condenada pelo TSE por disseminação de desinformação sobre processo eleitoral

No vídeo publicado em seu canal no YouTube, Zambelli afirmava ter notificado as autoridades sobre um suposto vídeo que mostraria uma "manipulação" das urnas eletrônicas. As acusações foram feitas antes das eleições gerais de 2022, e a deputada chegou a acusar um grupo de pessoas ligadas ao PT e sugerir que estariam dentro do sindicato do ABC Paulista.
TSE condena deputada Carla Zambelli a pagar multa de R$ 30 mil por publicação de vídeo.
Carla Zambelli é multada pelo TSE em R$ 30 mil.

A deputada Carla Zambelli (PL-SP) foi condenada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a pagar uma multa de R$ 30 mil por disseminar desinformação sobre o processo eleitoral. A decisão foi tomada de forma unânime pelos ministros nesta quinta-feira (25), e o valor aplicado é o máximo previsto pela lei.

A acusação contra Zambelli refere-se a um vídeo publicado em seu canal no YouTube, no qual ela afirmava ter notificado as autoridades sobre um suposto vídeo que mostraria uma “manipulação” das urnas eletrônicas. A deputada fez a publicação antes das eleições gerais de 2022, acusando um grupo de pessoas ligadas ao PT e sugerindo que estariam dentro do sindicato do ABC Paulista.

Na representação contra Zambelli, o relator do caso, Benedito Gonçalves, destacou a “notória má-fé da representada” ao produzir e divulgar o vídeo mesmo após uma nota do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo. Segundo o relator, a aplicação do valor máximo da multa se justifica pela gravidade das acusações infundadas à lisura do processo eleitoral, sem embasamento nos fatos.

O advogado de defesa da deputada, Thiago Rocha, argumentou que em nenhum momento Zambelli compartilhou informações falsas ou descontextualizadas. Ele enfatizou que não houve sugestão de fraude, apenas a afirmação de que, devido à viralização do vídeo, a deputada pediu informações para averiguar se havia algum tipo de ilicitude.

Essa não é a primeira vez que Carla Zambelli é multada pelo TSE por disseminação de desinformação. Na semana anterior, ela recebeu uma multa de R$ 10 mil, também relacionada a acusações infundadas envolvendo o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A decisão do Tribunal Superior Eleitoral em condenar a deputada Carla Zambelli por disseminação de desinformação reforça a importância de combater a propagação de informações falsas que possam prejudicar a lisura dos processos eleitorais. O tribunal demonstra sua determinação em assegurar a integridade e confiabilidade do sistema eleitoral brasileiro, buscando punir aqueles que difundem acusações infundadas sem qualquer amparo nos fatos.

PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM
ÚLTIMAS
PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA +

Notícias

Institucional

Para você

Notícias

Institucional

Para você