Teresina, 19 de abril de 2024
Logotipo do grupo DO POVO de Comunicação
BroadCast DO POVO. Serviço de notícias para veículos de comunicação com disponibilzação de conteúdo.
Pesquisar
Close this search box.
PUBLICIDADE

Piauí se destaca como polo de energia limpa e renovável no Brasil

Descubra como o Piauí se destaca na produção de energia limpa e renovável no Brasil, atraindo investimentos e parcerias para impulsionar o desenvolvimento sustentável e a geração de energia eólica e solar na região.
Piauí se destaca como polo de energia limpa e renovável no Brasil.
Projeto Lagoa dos Ventos Wind Complex. Foto: Enel Green Power

O Piauí, estado localizado na região Nordeste do Brasil, tem despontado como uma terra de oportunidades no setor de energia limpa e renovável. Com vastas áreas propícias para a produção de energia eólica e solar, o estado tem investido expressivamente na geração de energia limpa, visando suprir a demanda crescente por energia no país.

Atualmente, o estado conta com seis usinas eólicas em operação, que representam um investimento de US$ 1,9 bilhão e geram cerca de 1,314 GW de energia. Além disso, outras cinco usinas eólicas estão em construção, com investimento estimado em US$ 4,3 bilhões e capacidade de geração de aproximadamente 1,443 GW.

O estado também possui 80 projetos de energia eólica com capacidade de 2,531 MW e 20 projetos de energia solar com capacidade de 1,500 MW, prontos para serem ofertados em leilões de energia. O potencial na produção de energia limpa e renovável é ainda mais evidente com a maior usina centralizada de energia eólica da América Latina, que possui capacidade de geração de 210 KW e um investimento de cerca de US$ 300 milhões.

Outro destaque é o Lagoa dos Ventos Wind Complex, o maior parque eólico e solar da América Latina. A instalação possui 230 turbinas eólicas em operação e outras 72 em construção, além de 2,2 milhões de painéis solares em São Gonçalo do Gurguéia.

Piauí e o futuro do hidrogênio verde

Além disso, o estado figura entre os dez estados brasileiros com potencial para se tornarem produtores de hidrogênio verde. O estado tem investido pesadamente na ampliação da produção de energia renovável e na substituição gradual da matriz energética para fontes mais limpas e sustentáveis.

Oportunidades de investimento têm atraído os olhares de investidores, e o governador, Rafael Fonteles, tem buscado ativamente parcerias com o setor privado e a Europa para expandir o potencial de produção de energia do estado. A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) planeja realizar dois leilões de transmissão em 2023 e 2024 no Nordeste, com a previsão de contratar mais de R$ 56 bilhões em investimentos.

Segundo o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, o objetivo é transformar o Nordeste em um celeiro de energia limpa e renovável do mundo, desbloqueando investimentos privados na área de geração de energia renovável, que devem ultrapassar R$ 120 bilhões. Com isso, o estado e outros estados da região têm uma oportunidade única de consolidar sua posição como líderes na produção de energia limpa e atrair investimentos estratégicos para a região.

Para despontar como grande produtor de energia limpa e renovável é preciso investimentos em distribuição de energia no Nordeste. O Ministro de Minas e Energia anuncia R$ 56 bilhões.
É preciso investimento na distribuição de energia para usar seu potencial em energia limpa.

Com essa conjuntura favorável, o Piauí se posiciona como um dos líderes na transição energética do Brasil, oferecendo excelentes oportunidades para investidores interessados no setor de energia limpa e renovável. O compromisso do governo estadual em ampliar o acesso à energia limpa para pequenos e médios produtores, aliado aos recursos naturais abundantes, coloca o estado em uma posição privilegiada para se tornar um líder nacional em energia limpa e renovável.

Governo Rafael Fonteles tem agenda voltada para a energia limpa

O compromisso do Governo Rafael Fonteles e o trabalho conjunto com o setor privado e instituições internacionais têm sido fundamentais para o desenvolvimento do setor de energia limpa no estado. Segundo o governador Rafael Fonteles, a busca por parcerias e investimentos tem como objetivo garantir um futuro mais sustentável e promissor para a população do estado.

“Estamos trabalhando para transformar o Piauí em um exemplo de sustentabilidade e desenvolvimento econômico, aproveitando nossos recursos naturais e investindo em tecnologias limpas e renováveis”,

Governador Rafael Fonteles

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, também destaca o papel do Nordeste na transformação do setor energético do país: “O Piauí tem se destacado como um dos principais polos de energia limpa no Brasil e na América Latina. Isso mostra o potencial do estado e da região Nordeste como um todo, e reforça a importância de investirmos em fontes renováveis e sustentáveis de energia”.

Com a realização dos leilões de transmissão previstos para 2023 e 2024, espera-se que mais investimentos sejam atraídos para a região, consolidando ainda mais o estado como referência na produção de energia limpa e renovável.

A combinação de incentivos governamentais, parcerias com o setor privado e o potencial natural do estado garantem um futuro promissor para o desenvolvimento sustentável e a geração de energia limpa no Brasil.

PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM
ÚLTIMAS
PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA +

Notícias

Institucional

Para você

Notícias

Institucional

Para você