Teresina, 19 de abril de 2024
Logotipo do grupo DO POVO de Comunicação
BroadCast DO POVO. Serviço de notícias para veículos de comunicação com disponibilzação de conteúdo.
Pesquisar
Close this search box.
PUBLICIDADE

Aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft é bloqueada pelo Reino Unido

A Competition and Markets Authority (CMA) do Reino Unido veta a compra de US$ 69 bilhões por preocupações com o futuro do mercado de jogos em nuvem.
Fachada de uma das sedes da Microsoft com o logotipo da empresa
Sede da Microsoft: compra da Activision Blizzard foi bloqueada pelo Reino Unido

Após meses de negociações e análise das defesas das partes envolvidas, a tentativa de aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft, no valor de US$ 69 bilhões, enfrentou um obstáculo no governo do Reino Unido. A autoridade de concorrência do país, a Competition and Markets Authority (CMA), decidiu bloquear a aquisição.

A decisão final, mesmo após a divulgação de uma resposta prévia, foi publicada com a seguinte declaração:

“A CMA proibiu a proposta de compra da Activision pela Microsoft, devido às preocupações de que o acordo afetaria o futuro do mercado de jogos em nuvem, que está em rápido crescimento, resultando em menos inovação e opções para os jogadores do Reino Unido nos próximos anos.”

Microsoft vai recorrer da decisão que impade aquisição da Activision Blizzard

A Microsoft já emitiu uma resposta oficial sobre o bloqueio da compra da Activision Blizzard. A empresa promete lutar para reverter a decisão do CMA. Brad Smith, presidente da Microsoft, declarou:

“Permanecemos totalmente comprometidos com essa aquisição e iremos recorrer. A decisão da CMA rejeita uma abordagem pragmática para tratar questões de concorrência e desencoraja a inovação tecnológica e o investimento no Reino Unido. Já firmamos acordos para disponibilizar os jogos populares da Activision em mais de 150 milhões de dispositivos e continuamos comprometidos em fortalecer esses acordos por meio de soluções regulatórias. Estamos especialmente desapontados porque, após longas deliberações, essa decisão parece refletir uma compreensão equivocada deste mercado e de como a tecnologia de nuvem relevante realmente funciona.”

A Microsoft enfrenta agora o desafio de reverter a decisão do CMA e garantir a aprovação para a compra da Activision Blizzard, um negócio que pode ter um impacto significativo no mercado de jogos e na indústria de tecnologia de nuvem.

PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM
ÚLTIMAS
PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA +

Notícias

Institucional

Para você

Notícias

Institucional

Para você