Teresina, 21 de julho de 2024
Logotipo do grupo DO POVO de Comunicação
BroadCast DO POVO. Serviço de notícias para veículos de comunicação com disponibilzação de conteúdo.
Pesquisar
Close this search box.
PUBLICIDADE

FUP informa queda no número de manifestantes que tentam bloquear refinarias da Petrobras

A Federação Única dos Petroleiros informou uma queda no número de manifestantes apoiadores de Bolsonaro tentando bloquear refinarias da Petrobras.
Refinaria Petrobras - revap
Revap | Foto: Agência Petrobras

A FUP (Federação Única dos Petroleiros) anunciou nesta segunda-feira de manhã que houve uma diminuição no número de apoiadores do Presidente Jair Bolsonaro tentando acessar as refinarias da Petrobras em uma tentativa de interromper o suprimento de combustíveis no país, o que escalonaria os atos de golpe.

De acordo com a federação, a desmobilização dos protestantes é resultado da ação das forças de segurança, da própria FUP e dos sindicatos.

No domingo, os apoiadores do presidente destruíram o Congresso Nacional, o Palácio Presidencial e o Supremo Tribunal Federal. Além de atacar essas instituições, eles haviam anunciado sua intenção de bloquear as refinarias.

Em resposta a essas ameaças, a FUP mobilizou as agências de segurança federais, o serviço de inteligência e segurança corporativa da Petrobras e o senador Jean Paul Prates, indicado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para liderar a Petrobras, durante todo o domingo.

Refinarias da Petrobras são alvo de tentativa de bloqueio por apoiadores de Bolsonaro

Refinarias da Petrobras alvo dos manifestantes

Os alvos dos apoiadores são o Reduc (Refinaria Duque de Caxias, no Rio de Janeiro), a Replan (Refinaria Paulínia, em São Paulo), a Revap (Refinaria Henrique Lage ou Refinaria Vale do Paraíba, também em São Paulo) e a Refap (Refinaria Alberto Pasqualini, no Rio Grande do Sul).

A FUP anunciou uma reunião por videoconferência nesta segunda-feira (09) às 14h com partidos, sindicatos, movimentos populares e organizações da sociedade civil para convocar uma mobilização em resposta aos atos de golpe.

PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA TAMBÉM

Eleição não é matemática

Eleição é uma manifestação da alma humana, e essa alma, rica em sentimentos e emoções, nunca pode ser completamente capturada por números.

ÚLTIMAS
PUBLICIDADE
CONTEÚDO RELACIONADO
PUBLICIDADE
VEJA +

Notícias

Institucional

Para você

Notícias

Institucional

Para você