Conecte-se conosco

Editorial

O Brasil está se cansando de Bolsonaro

Liderança tóxica do presidente Bolsonaro contamina o Brasil

Publicado

em

Depois do “na casa da tua mãe” do presidente da República, seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro dispara um “enfia no rabo”, sobre máscaras de proteção contra a covid-19. Quem pode admitir declarações desse tipo no momento de crise que o país passa?

O Brasil está se cansando dos bolsonaros. A esperança da eleição de 2018 virou uma excrescência em 2021. Mais do que uma decepção, a liderança de Bolsonaro virou uma doença que contaminou os menos preparados para discernir o real papel de um presidente da República.

Poucos são aqueles que ainda conseguem aplaudir o comportamento de Jair Bolsonaro. Destes, a maioria não se importa com as constantes mudanças de posição, a última, estampada no seu rosto: uma máscara. A mesma que ele se omitiu de usar por tantas vezes nas suas aparições em público e que agora servirá, não de instrumento de proteção contra o vírus, mas talvez, de proteção contra as críticas dos seus adversários.

A verdade é que Bolsonaro jogou para a platéia o tempo todo, para agradar, manter ou ampliar sua base eleitoral. Quando era interessante, disseminou que o vírus não era uma ameaça, “gripezinha”, disse à época. Negou depois. “Não vou tomar”, referindo-se às vacinas contra a covid-19. Silenciou sobre o assunto depois. Para não ser mais enfadonho do que o próprio presidente, vamos nos ater somente a mais um exemplo: a aparição com máscara ontem depois de tantas vezes negar-se a usá-la em público.

O Brasil dá claros sinais que está se cansando de Bolsonaro.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *