Conecte-se conosco

Editorial

A cepa de políticos

Publicado

em

Diante das informações que circulavam ainda no final do ano passado sobre o surgimento de novas cepas do coronavírus e após testemunharmos a realidade vivida na cidade de Manaus, não precisava ser nenhum cientista para perceber que a pandemia da covid-19 poderia se agravar em todo o país. Para calcular essa probabilidade bastava apenas uma coisa: bom-senso.

Cerca de dois meses depois do colapso vivido pela capital do Amazonas, o Brasil assiste uma explosão de casos de covid-19 e o registro da pior média móvel de mortes pela doença desde o início da pandemia no país. A Organização Mundial da Saúde – OMS classificou essa quarta onda de contaminação como ‘tragédia’.

Que é uma tragédia, não temos dúvidas, mas faltou a OMS dizer que era uma tragédia “anunciada ” pelos erros cometidos pelos políticos em todas as esferas de poder, municipal, estadual e federal, inclua-se aí o próprio presidente Bolsonar e suas nefastas analogias diante da doença no Brasil.

Confiantes por demais, mas não sabemos em que, o governador Wellington Dias e o novo prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, fecharam os hospitais de campanha numa sequencia de desencontro de informações onde a imprensa seguidamente alterna as matéria entre manchetes de “fecha” e “mantém aberto” até que em janeiro deste ano, o hospital Pedro Balzi foi fechado pela Prefeitura.

Antes, sua excelência o governador Wellington Dias já havia fechado o Hospital de Campanha do Verdão, ainda em agosto de 2020, depois de funcionar por “longos” três meses e atender cerca de 402 pessoas e ter um custo de implantação de R$ 5 milhões.

A maior tragédia que sofremos, além da pandemia de covid-19, ainda é a causada pela cepa de políticos que nos comandam. Continuam a causar os maiores problemas para a sociedade com decisões equivocadas, falta de planejamento e aplicando de maneira ineficeinte os recursos públicos.

Infelizmente, tudo indica, ainda não temos vacina contra eles.

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Ciro Nogueira tenta pavimentar caminho do Progressistas para 2022 - Jornal Diário do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *