Conecte-se conosco

Política

Dr. Pessoa diz que Mão Santa pediu ajuda para viabilizar nome para terceira via

Prefeitos de Parnaíba e Teresina se encontraram no final de semana e, segundo Dr. Pessoa, o tema foi tratado na reunião.

Publicado

em

Dr Pessoa diz que Mão Santa quer um novo nome para a terceira via

O quadro político para 2022 está longe de ser definido. No último final de semana, o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, se encontrou com Mão Santa, prefeito de Parnaíba no que parece ter sido um encontro político sobre a formação de uma terceira via para o governo do Piauí.

Segundo Dr. Pessoa, Mão Santa teria sinalizado a intenção de formar uma terceria via, pedindo ajuda para “viabilizar um nome novo para governador no próximo ano”.

Mão Santa é uma liderança do Democratas, partido que está em fase final de fusão com o PSL na formação do União Brasil. Há uma disputa pelo comando da nova sigla, que tem o maior tempo de televisão e o maior fundo partidário e eleitoral para o próximo ano.

Na corrida pela presidência está o ex-deputado Heráclito Forte ao lado de Ronney Lustosa, ex-vice prefeito de Teresina. Os dois são do Democratas. Pelo PSL, o vereador de Teresina, Luiz André, tenta se manter no comando da sigla e até pouco tempo teria, para isso, o apoio do ministro Ciro Nogueira (Progressitas).

Amigo pessoal do advogado pernambucano Antonio Rueda, um dos caciques do PSL, Ciro Nogueira foi alvo recente de críticas de Ronney Lustosa que apontou a interferência do cacique do centrão nos rumos do União Brasil em Teresina.

A imprensa divulgou recentemente que Ciro Nogueira teria oferecido o comando do partido para o próprio Dr. Pessoa. Diante da baixa densidade política de Luiz André, seria mais fácil para Ciro interferir para o prefeito da capital ficar com o partido.

O fato também desagradou os líderes do Democratas.

Mão Santa não quer Iracema Portela e Silvio Mendes?

A fala de Mão Santa demonstra que o prefeito de Parnaíba não tem interesse em subir no palanque de Iracema Portela e Silvio Mendes. Apesar de haver uma parceria adminsitrativa entre ele e Ciro Nogueira, tudo indica que Mão Santa caminha na busca por uma terceira via.

Mão Santa e Heráclito Fortes mantém uma forte relação política há muitos anos. É bem mais provável que o prefeito de Parnaíba apoie as intenções de Heráclito comandar a sigla. Seria a partir dos dois a formação de uma terceira via no Estado com o comando do partido com o maior volume de recursos disponíveis.

Se a ideia vingar, nasce uma frente contra Ciro Nogueira e Wellington Dias.

João Vicente Claudino mantém proximidade com Heráclito Fortes

De malas prontas para o Podemos, o ex-senador João Vicente Claudino tem mantido contatos com o ex-deputado Heráclito Fortes e pode fazer parte da composição de uma terceira via.

O cenário nacional de proximidade de uma ala do União Brasil com Sérgio Moro, pré-candidato a presidente pelo Podemos, partido que será comandado por Claudino, pode fomentar a união também na política piauiense.

No último dia 15 de novembro, o ex-prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas, ACM Neto, se encontrou com Sérgio Moro. Os dois discutiram uma aliança para 2022. ACM é aliado histórico de Heráclito Fortes.

O caminho dos líderes Mão Santa, Heráclito Fortes e João Vivente Claudino pode levar à união política no Piauí.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Câmbio

Propaganda

Capa

Tempo

Caro leitor,

Diariamente você recebe dezenas notícias no seu whatsapp. Algumas são verdadeiras, outras não.

Por isso, é tão importante poder contar com uma fonte de informação confiável – e independente.

É isso que nós fazemos. Produzimos conteúdo. De relevância e com qualidade. Nós checamos as informações antes de publicar para que você receba apenas a verdade.

Nós analisamos os fatos para que você construa sua opinião. Nós entrevistamos pessoas, confrontamos autoridades e cobramos resultados do setor público.

O Jornal Diário do Povo faz jornalismo. E para fazer bem feito, nós precisamos do seu apoio. Assine o jornal. Custa pouco, mas vale muito. 

Banca de Jornal

Propaganda

Popular