Conecte-se conosco

Política

Rodoviárias de Teresina, Picos e Floriano chegam a 98% de satisfação do público

Publicado

em

Rodoviárias de Teresina, Picos e Floriano chegam a 98% de satisfação do público

Os terminais rodoviários do estado do Piauí vivem um processo de transformação na qualidade do serviço oferecido. Desde a concessão da Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico das Rodoviárias (Sinart), por meio da Superintendência de Parcerias e Concessões do Piauí (Suparc), os Terminais de Teresina, Picos e Floriano passam por um processo de melhorias. Segundo relatórios de pesquisa de satisfação, os índices de boas avaliações chegam a mais de 98% no primeiro trimestre de 2021.

Os Terminais Rodoviários de Teresina, Picos e Floriano receberam aprovação em vários requisitos, como a limpeza (98,40%), segurança (87,2%) e sinalização (91,49%). O relatório completo está no site da PPP Piauí, oriundo de um estudo realizado pela empresa Consulte – Inteligência e Mercado durante os primeiros três meses do ano.

Robson Silva, coordenador do Terminal Rodoviário de Teresina, explica que uma série de ações foram necessárias para chegar a esse alto índice de aprovação entre os usuários. “Logo que chegamos aqui, fizemos estudos sobre as maiores deficiências e reclamações que a rodoviária apresentava: segurança, acessibilidade, organização, limpeza, sanitários. Baseados nisso, começamos a fazer as primeiras intervenções e as demais melhorias que o lugar necessitava. Hoje é notável a diferença entre o antes da PPP e após PPP. Por meio da pesquisa de satisfação que realizamos todo ano, percebemos a opinião dos usuários sobre o trabalho que está sendo realizado. E o retorno tem sido positivo. O objetivo da Sinart é este: continuar trabalhando para oferecer serviços cada vez melhores”, assegura o gestor.

Em Floriano, uma das concessionárias do interior, é notável a transformação do espaço após a concessão. “As pessoas estão satisfeitas com o serviço da rodoviária porque foram muitas melhorias realizadas. Antigamente, não havia uma limpeza adequada. Agora é feita de maneira correta, com mais higiene. A segurança também foi melhorada, do atendimento ao embarque. Hoje, temos catraca que controla o fluxo de pessoas, além, é claro, da comunicação visual”, aponta o diretor do terminal de Floriano, José Ricardo.

A situação também mudou em Picos. “Foram muitas mudanças, principalmente na área da limpeza, pois era caótica a situação dos banheiros do terminal. A Sinart reformou totalmente quatro banheiros, sendo dois para servidores e dois para o público. Reformou o teto, que estava em situação precária, com o telhado quebrado em diversos locais. Colocou elevador para acessibilidade de cadeirantes e idosos. Além disso, reformou toda a plataforma de embarque e desembarque colocando blocos de concreto, diminuindo o problema da poeira. Recuperou toda a área frontal do terminal e iluminou todo o espaço da plataforma e estacionamento que se encontrava em plena escuridão. Ficou ainda a executar alguns projetos como a iluminação de todo o terminal com lâmpadas LED, troca do piso e pintura do terminal, mas devido à pandemia foi obrigada a parar temporariamente as obras, que devem ser retomadas a qualquer momento”, revela Francisco de Assis, diretor da Rodoviária de Picos.

Para Viviane Moura, superintendente de Parcerias e Concessões do Estado, a opinião que vem dos usuários dos terminais é o principal indicador a ser levado em conta. “A satisfação do cliente é a melhor resposta que podemos ter a uma PPP. Oferecer serviços melhores à população é o objetivo das parcerias público-privadas, que contribuem, cada vez mais, para o desenvolvimento do estado”, ressalta a gestora.

Os resultados são frutos de um processo de modernização estrutural e de serviços. Em 2020, a concessionária investiu R$ 571.335,66 para otimizar os serviços ofertados pelos espaços, que estão localizados em pontos estratégicos de circulação dos piauienses. Guichês de informação, internet livre por meio do Piauí Conectado, estrutura confortável, segurança e limpeza são alguns dos fatores reforçados pela Sinart, que elevou a credibilidade junto aos usuários por meio de uma PPP do Governo do Estado do Piauí.

The post Rodoviárias de Teresina, Picos e Floriano chegam a 98% de satisfação do público appeared first on Governo do Piauí.

=
Com Informação do Governo do Piauí

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Déficit atuarial na Previdência da Prefeitura de Teresina passa de R$ 4 bilhões, diz presidente do IPMT

Publicado

em

IPMT apresenta déficit financeira e atuarial

Teresina – O presidente do Instituto de Previdência Municipal de Teresina, Kennedy Glauber, informou nesta quinta-feira (3) que a déficit atuarial do IPMT é de R$ 4,5 bilhões. Kennedy não informou a partir de quando esse déficit afetaria os pagamentos de aposentadorias e pensões de servidores.

Kennedy Glauber, presidente do IPMT, informou existir déficit aturial na ordem de R$ 4,5 bilhões.
Kennedy Glauber: “temos uma dificuldade muito grande nesse início de gestão”

Segundo o gestor, o Instituto possui também uma dívida financeira de R$ 152 milhões, o que indica que o IPMT já não consegue arcar com o pagamento das obrigações previdenciárias.

“O IPMT hoje tem uma dívida financeira de 152 milhões de reais é deixada pela gestão anterior, então nós temos feito as tratativas necessárias para que a gente possa estar vendo a melhor forma de estar recuperando esse recurso. Nós temos hoje no IPMT um déficit atuarial de 4,5 bilhões de reais recebemos na semana passada o relatório do atuário e temos realmente uma dificuldade muito grande nesse início de gestão.”

Kennedy Glauber, presidente do ipmt

O déficit atuarial é a projeção de que vai faltar dinheiro para pagar aposentadorias e pensões dos servidores municipais no futuro. Segundo a legislação, as avaliações atuariais anuais devem ser realizadas até 31 de dezembro de cada exercício.

Veja também

Continue lendo

Nacional

Fábio Wajngarten: o homem que pode eximir Bolsonaro ou condená-lo na CPI

Publicado

em

Por

Fábio Wajngarten depõe na CPI da Covid nesta quarta-feira(11)
Fábio Wajngarten | Foto Marcelo Camargo/Ag. Brasil
Sobre os ombros do ex-secretário de Comunicação da Presidência da República, advogado Fábio Wajngarten, pesa a responsabilidade de mudar os rumos da CPI da Covid no Senado Federal. Na primeira semana dos trabalhos da comissão, o governo Bolsonaro saiu derrotado em praticamente todos os depoimentos. Marcado para esta quarta-feira(12), o testemunho de Fábio Wajngarten pode […]
Continue lendo

Câmbio

Capa

Tempo

Caro leitor,

Diariamente você recebe dezenas notícias no seu whatsapp. Algumas são verdadeiras, outras não.

Por isso, é tão importante poder contar com uma fonte de informação confiável – e independente.

É isso que nós fazemos. Produzimos conteúdo. De relevância e com qualidade. Nós checamos as informações antes de publicar para que você receba apenas a verdade.

Nós analisamos os fatos para que você construa sua opinião. Nós entrevistamos pessoas, confrontamos autoridades e cobramos resultados do setor público.

O Jornal Diário do Povo faz jornalismo. E para fazer bem feito, nós precisamos do seu apoio. Assine o jornal. Custa pouco, mas vale muito. 

Banca de Jornal

Popular