Conecte-se conosco

Política

Internas da Penitenciária Feminina de Teresina trabalham na produção de máscaras

Publicado

em

Internas da Penitenciária Feminina de Teresina trabalham na produção de máscaras

A luta pelo enfrentamento à pandemia da Covid-19 não parou no sistema prisional. A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) e a Obra Kolping no Piauí firmaram uma parceria institucional para a produção de máscaras de proteção facial. As máscaras estão sendo produzidas pelas internas da Penitenciária Feminina de Teresina.

Dez reeducandas estão trabalhando na produção de máscaras da parceria. A expectativa é que a produção alcance o número de 90 mil máscaras.

Segundo Simone Castro, representante da Obra Kolping no Piauí, o projeto visa, sobretudo, à reinserção social. “Fazemos um trabalho de inclusão social. Afinal de contas, é o nosso papel, como ONG, o apoio social, pois, além de gerar renda a essas pessoas, que, de certa forma, ficaram fora do mercado de trabalho, também buscamos, com nossas parcerias, fazer com que essas pessoas sintam-se oportunizadas. Assim, buscamos alternativas de inseri-las novamente na sociedade”, disse Simone.

Uma das reeducandas que está participando da produção é Marcilene Leonardo. Para ela, a experiência tem sido fundamental para a rotina na unidade. “Está sendo muito importante para mim, porque já estou há bastante tempo presa e, para não ficar esse tempo todo parada, a gente vai aprendendo as coisas para poder levar para fora, para poder ajudar a família. A gente faz, em média, 50 máscaras  por dia”, disse a interna.

Segundo a gerência da unidade penal, o trabalho desenvolvido é uma das ferramentas que possibilitam a reinserção social e, também, uma forma de contribuição das internas para o enfrentamento à pandemia. “Esse trabalho é importante, porque, dentre os instrumentos que propiciam a ressocialização do interno, nós sabemos que o trabalho é uma grande ferramenta. Além de contribuir para a remição das internas que estão aqui laborando, também é uma forma de elas estarem contribuindo no dia a dia da unidade, e para a sociedade como um todo”, ressaltou Rebeca Filha, gerente adjunta da unidade penal.

The post Internas da Penitenciária Feminina de Teresina trabalham na produção de máscaras appeared first on Governo do Piauí.

=
Com Informação do Governo do Piauí

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Déficit atuarial na Previdência da Prefeitura de Teresina passa de R$ 4 bilhões, diz presidente do IPMT

Publicado

em

IPMT apresenta déficit financeira e atuarial

Teresina – O presidente do Instituto de Previdência Municipal de Teresina, Kennedy Glauber, informou nesta quinta-feira (3) que a déficit atuarial do IPMT é de R$ 4,5 bilhões. Kennedy não informou a partir de quando esse déficit afetaria os pagamentos de aposentadorias e pensões de servidores.

Kennedy Glauber, presidente do IPMT, informou existir déficit aturial na ordem de R$ 4,5 bilhões.
Kennedy Glauber: “temos uma dificuldade muito grande nesse início de gestão”

Segundo o gestor, o Instituto possui também uma dívida financeira de R$ 152 milhões, o que indica que o IPMT já não consegue arcar com o pagamento das obrigações previdenciárias.

“O IPMT hoje tem uma dívida financeira de 152 milhões de reais é deixada pela gestão anterior, então nós temos feito as tratativas necessárias para que a gente possa estar vendo a melhor forma de estar recuperando esse recurso. Nós temos hoje no IPMT um déficit atuarial de 4,5 bilhões de reais recebemos na semana passada o relatório do atuário e temos realmente uma dificuldade muito grande nesse início de gestão.”

Kennedy Glauber, presidente do ipmt

O déficit atuarial é a projeção de que vai faltar dinheiro para pagar aposentadorias e pensões dos servidores municipais no futuro. Segundo a legislação, as avaliações atuariais anuais devem ser realizadas até 31 de dezembro de cada exercício.

Veja também

Continue lendo

Nacional

Fábio Wajngarten: o homem que pode eximir Bolsonaro ou condená-lo na CPI

Publicado

em

Por

Fábio Wajngarten depõe na CPI da Covid nesta quarta-feira(11)
Fábio Wajngarten | Foto Marcelo Camargo/Ag. Brasil
Sobre os ombros do ex-secretário de Comunicação da Presidência da República, advogado Fábio Wajngarten, pesa a responsabilidade de mudar os rumos da CPI da Covid no Senado Federal. Na primeira semana dos trabalhos da comissão, o governo Bolsonaro saiu derrotado em praticamente todos os depoimentos. Marcado para esta quarta-feira(12), o testemunho de Fábio Wajngarten pode […]
Continue lendo

Câmbio

Capa

Tempo

Caro leitor,

Diariamente você recebe dezenas notícias no seu whatsapp. Algumas são verdadeiras, outras não.

Por isso, é tão importante poder contar com uma fonte de informação confiável – e independente.

É isso que nós fazemos. Produzimos conteúdo. De relevância e com qualidade. Nós checamos as informações antes de publicar para que você receba apenas a verdade.

Nós analisamos os fatos para que você construa sua opinião. Nós entrevistamos pessoas, confrontamos autoridades e cobramos resultados do setor público.

O Jornal Diário do Povo faz jornalismo. E para fazer bem feito, nós precisamos do seu apoio. Assine o jornal. Custa pouco, mas vale muito. 

Banca de Jornal

Popular