Conecte-se conosco

Política

Missão do Banco Mundial avalia como positiva a execução de projetos no Piauí

Publicado

em

Missão do Banco Mundial avalia como positiva a execução de projetos no Piauí

O Governo do Estado do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), recebeu, nessa terça (27) e quarta-feira (28), a missão de avaliação do Banco Mundial sobre as ações do Programa de Geração de Emprego e Renda (Progere II).

A missão teve como objetivos avaliar os resultados e verificar as ações que foram implantadas pelo projeto Pilares do Crescimento e Inclusão Social (IFP) e analisar o cronograma de encerramento do projeto que está sendo preparado para o fim do ano.

Participaram da missão, o consultor do Desenvolvimento Rural, Emmanuel Bayle, e uma equipe de consultores e especialistas do banco nas diversas áreas de atuação, como meio ambiente, gênero, gestão financeira, regularização fundiária, e salvaguardas sociais, a secretária de Estado da Agricultura Familiar, Patrícia Vasconcelos, representantes da Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan), Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar), CPEM, ATs, consultores e a equipe do Progere II.

Segundo a diretora do Progere II, Janaína Mendes, dos 51 planos de investimento contemplados pelo programa, 34 já foram implantados. O Estado do Piauí já investiu, até o momento, um total de R$ 5.217.333,57 e a previsão é que sejam investidos ainda no ano de 2021 mais R$ 3.240.489,89 em planos de investimento já elaborados e aprovados.

Ainda segundo a diretora, os resultados são positivos “a SAF teve avaliação positiva pelo cumprimento dos indicadores e pela articulação entre as políticas públicas desenvolvidas pela secretaria dando mais impacto aos resultados esperados e a melhoria das condições de vida das famílias atendidas pelo programa. Para que fossem alcançados esses resultados, contamos com o apoio de instituições parceiras e órgãos como a Seplan, Semar, Interpi, Emater, Adapi e também de instituições e entidades presentes nos territórios como as prefeituras, ONGs, sindicatos e prestadoras de assistência técnica como Emater, Emplanta, Cootapi, CEAA e Campo Agropecuária”.

A SAF, por meio do acordo de empréstimo entre Governo do Estado do Piauí e o Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), por meio do Projeto Pilares do Crescimento e Inclusão Social, desenvolve o Programa de Geração de Emprego e Renda no Meio Rural (Progere II) que tem apoiado empreendimentos produtivos nos territórios dos Cocais, Carnaubais e Entre Rios.

O superintendente de Desenvolvimento Rural e coordenador do Projeto Viva o Semiárido, Francisco das Chagas Ribeiro, avaliou o sucesso da missão e fala que a expectativa é da realização de um novo acordo de empréstimo com instituição financeira. “O banco ficou muito satisfeito, pois cada dia que passa avançamos na execução física do projeto e começam a surgir os resultados. Em consequência, já estamos preparando um novo acordo de empréstimo com o banco para dar continuidade às ações e vamos continuar tratando não só dos projetos produtivos, mas também do reuso de água, das cadernetas agroecológicas, energia solar, recuperação de nascentes, entre outras ações importantes”, destacou o diretor.

O Progere II é o programa de geração de emprego e renda no meio rural, programa executado pela Secretaria de Estado da Agricultura Familiar que tem como objetivo a diminuição da pobreza rural com o apoio financeiro para a implantação de planos de investimento produtivos de agricultores familiares.

The post Missão do Banco Mundial avalia como positiva a execução de projetos no Piauí appeared first on Governo do Piauí.

=
Com Informação do Governo do Piauí

Nacional

Fábio Wajngarten: o homem que pode eximir Bolsonaro ou condená-lo na CPI

Publicado

em

Por

Fábio Wajngarten depõe na CPI da Covid nesta quarta-feira(11)
Fábio Wajngarten | Foto Marcelo Camargo/Ag. Brasil
Sobre os ombros do ex-secretário de Comunicação da Presidência da República, advogado Fábio Wajngarten, pesa a responsabilidade de mudar os rumos da CPI da Covid no Senado Federal. Na primeira semana dos trabalhos da comissão, o governo Bolsonaro saiu derrotado em praticamente todos os depoimentos. Marcado para esta quarta-feira(12), o testemunho de Fábio Wajngarten pode […]
Continue lendo

Política

Wellington Dias trata sobre imunização em massa com Anvisa, governadores e senadores

Publicado

em

Por

Wellington Dias trata sobre imunização em massa com Anvisa, governadores e senadores
Reunião com Anvisa, governadores e senadores. Foto: Jorge Bastos

O presidente do Consórcio Nordeste e governador do Piauí, Wellington Dias, reuniu-se, virtualmente, nesta segunda-feira (10), com representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), da Comissão Temporária da Covid-19 e com governadores. Em pauta, as dificuldades enfrentadas pelos estados, o estágio da pandemia, o progresso do cronograma de vacinação e a compra de vacinas de maneira descentralizada por estados e municípios.

Wellington Dias pretende buscar junto ao Governo Federal a celeridade na imunização da população e manter o fomento da economia nacional. “Agradeço a abertura do diálogo com a Anvisa e faço um apelo para que possamos alcançar cerca de 100 milhões de doses de vacina para que o Brasil tenha condições de imunização em massa, pelo menos, até agosto deste ano, como vai ocorrer com os países mais desenvolvidos. Queremos garantir variadas vacinas e produção de IFA pelo Butantan, União Química e Fiocruz. Precisamos evitar uma terceira onda da Covid-19”, afirmou o governador.

Na reunião, alguns pontos destacados foram: a situação atual dos leitos de UTI e oxigênio medicinal; programa de testagem da população nos estados e municípios; compra e fabricação de vacinas; retorno das aulas presenciais; isolamento social e medidas restritivas.

Continue lendo

Câmbio

Capa

Tempo

Caro leitor,

Diariamente você recebe dezenas notícias no seu whatsapp. Algumas são verdadeiras, outras não.

Por isso, é tão importante poder contar com uma fonte de informação confiável – e independente.

É isso que nós fazemos. Produzimos conteúdo. De relevância e com qualidade. Nós checamos as informações antes de publicar para que você receba apenas a verdade.

Nós analisamos os fatos para que você construa sua opinião. Nós entrevistamos pessoas, confrontamos autoridades e cobramos resultados do setor público.

O Jornal Diário do Povo faz jornalismo. E para fazer bem feito, nós precisamos do seu apoio. Assine o jornal. Custa pouco, mas vale muito. 

Banca de Jornal

Popular