Conecte-se conosco

Política

Ministro da Educação visita estrutura da Mediação Tecnológica do Piauí

Publicado

em

Ministro da Educação visita estrutura da Mediação Tecnológica do Piauí

Em visita ao Piauí para a entrega de transporte escolar do programa Caminho da Escola, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, acompanhado do presidente do FNDE, Marcelo Lopes da Ponte, e do secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, conheceu os estúdios do Programa de Mediação Tecnológica, o Canal Educação.

Esse é um importante eixo da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) que disponibiliza para os estudantes a transmissão de aulas remotas ao vivo por meio da plataforma do Canal Educação, YouTube, Facebook e podcast e também pela TV Antares (canal 2.1), em especial durante a vigência do decreto emergencial com medidas restritivas para o enfrentamento ao novo coronavírus.

Após conhecer os estúdios do Canal Educação, o ministro Milton Ribeiro conversou com os estudantes que participaram das aulas do Pré-Enem Live e conquistaram bons resultados no Enem e aprovação em instituições de ensino superior. “A luta foi muito grande para conseguirmos realizar o Enem e, hoje, podemos ter o exemplo da estudante aprovada, Gabriela, que acreditou, fez o uso de todos os cuidados no exame e hoje é uma universitária. Parabenizo a todos da Secretaria da Educação pelo cuidado com a educação, que é algo desenvolvido a médio e longo prazo, e o Piauí está plantando boas sementes com este programa”, pontuou o ministro da Educação.

Após a publicação do decreto nº 18.884, expedido pelo Governo do Estado, em abril de 2020, e que suspendeu as aulas presenciais em razão da pandemia da Covid-19, a Seduc deu início às aulas remotas transmitidas pelo Canal Educação para todos os estudantes da Rede Pública Estadual de Ensino, seguindo as diretrizes do Plano de Ação Pedagógica.

Tendo como objetivo apoiar as escolas, estudantes e professores, a equipe pedagógica do Canal Educação organizou um novo plano de trabalho para manter a transmissão de aulas remotas, formação de professores, preparatório Enem e revisões do Pré-Enem Live, além de disponibilização de material pedagógico aos estudantes.

Ellen Gera destacou para o ministro a importância da mediação tecnológica e as formas disponibilizadas pela Seduc para o acesso de todos os estudantes ao ensino. “Em abril de 2020, tivemos os primeiros decretos de suspensão presencial das aulas, mas, em poucos dias, a rede estadual transformou toda sua estratégia de aulas para o ensino remoto, garantindo que as escolas pudessem funcionar dessa forma e a plataforma do Canal Educação foi essencial para que as aulas pudessem ser conduzidas com a devida qualidade. O ministro conheceu os estúdios do Canal Educação onde atendemos o ensino médio e educação profissional. E para além disso, fizemos parceria com o ensino superior permitindo que os municípios pudessem também fazer uso da plataforma, permitindo que o estudante mantivesse seu vínculo com a escola”, disse o secretário de Estado da Educação.

Entre as ações desenvolvidas pelo Programa de Mediação Tecnológica, no contexto de pandemia, o relatório divulgado em novembro de 2020, pela Coordenação de Operações do Canal Educação, mostra números positivos.

No total,  9.325 (nove mil e trezentos e vinte e cinco) aulas foram transmitidas ao vivo para as ofertas do ensino fundamental, médio, Educação de Jovens e Adultos (EJA), cursos técnicos e Enem (Preparatório e revisão).

A estratégia adotada repercutiu em resultados positivos como os números de acessos ao Canal Educação, que registrou 3.178.026 acessos de janeiro a novembro de 2020.

Pré-Enem Live

Outra ação da Secretaria de Estado da Educação adaptada ao ambiente virtual foi o projeto Pré-Enem Seduc, que tem como objetivo potencializar a preparação para o Enem dos estudantes piauienses.

Durante o período de suspensão das aulas, devido ao avanço da pandemia da Covid-19, o preparatório foi realizado no formato live. Por meio do Canal Educação, o preparatório do Enem ganhou novo formato ao disponibilizar os conteúdos das aulas que contemplam a matriz de referência do Enem, assim como suas habilidades e competências.

As revisões foram realizadas semanalmente via mediação tecnológica, transmitidas pela TV Antares, Facebook e YouTube do Canal Educação. Foram 32 edições com mais de 30 professores, entre Pré-Enem Seduc/Canal Educação, que formaram a equipe que ministrou aulas de todas as disciplinas.

The post Ministro da Educação visita estrutura da Mediação Tecnológica do Piauí appeared first on Governo do Piauí.

=
Com Informação do Governo do Piauí

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Déficit atuarial na Previdência da Prefeitura de Teresina passa de R$ 4 bilhões, diz presidente do IPMT

Publicado

em

IPMT apresenta déficit financeira e atuarial

Teresina – O presidente do Instituto de Previdência Municipal de Teresina, Kennedy Glauber, informou nesta quinta-feira (3) que a déficit atuarial do IPMT é de R$ 4,5 bilhões. Kennedy não informou a partir de quando esse déficit afetaria os pagamentos de aposentadorias e pensões de servidores.

Kennedy Glauber, presidente do IPMT, informou existir déficit aturial na ordem de R$ 4,5 bilhões.
Kennedy Glauber: “temos uma dificuldade muito grande nesse início de gestão”

Segundo o gestor, o Instituto possui também uma dívida financeira de R$ 152 milhões, o que indica que o IPMT já não consegue arcar com o pagamento das obrigações previdenciárias.

“O IPMT hoje tem uma dívida financeira de 152 milhões de reais é deixada pela gestão anterior, então nós temos feito as tratativas necessárias para que a gente possa estar vendo a melhor forma de estar recuperando esse recurso. Nós temos hoje no IPMT um déficit atuarial de 4,5 bilhões de reais recebemos na semana passada o relatório do atuário e temos realmente uma dificuldade muito grande nesse início de gestão.”

Kennedy Glauber, presidente do ipmt

O déficit atuarial é a projeção de que vai faltar dinheiro para pagar aposentadorias e pensões dos servidores municipais no futuro. Segundo a legislação, as avaliações atuariais anuais devem ser realizadas até 31 de dezembro de cada exercício.

Veja também

Continue lendo

Nacional

Fábio Wajngarten: o homem que pode eximir Bolsonaro ou condená-lo na CPI

Publicado

em

Por

Fábio Wajngarten depõe na CPI da Covid nesta quarta-feira(11)
Fábio Wajngarten | Foto Marcelo Camargo/Ag. Brasil
Sobre os ombros do ex-secretário de Comunicação da Presidência da República, advogado Fábio Wajngarten, pesa a responsabilidade de mudar os rumos da CPI da Covid no Senado Federal. Na primeira semana dos trabalhos da comissão, o governo Bolsonaro saiu derrotado em praticamente todos os depoimentos. Marcado para esta quarta-feira(12), o testemunho de Fábio Wajngarten pode […]
Continue lendo

Câmbio

Capa

Tempo

Caro leitor,

Diariamente você recebe dezenas notícias no seu whatsapp. Algumas são verdadeiras, outras não.

Por isso, é tão importante poder contar com uma fonte de informação confiável – e independente.

É isso que nós fazemos. Produzimos conteúdo. De relevância e com qualidade. Nós checamos as informações antes de publicar para que você receba apenas a verdade.

Nós analisamos os fatos para que você construa sua opinião. Nós entrevistamos pessoas, confrontamos autoridades e cobramos resultados do setor público.

O Jornal Diário do Povo faz jornalismo. E para fazer bem feito, nós precisamos do seu apoio. Assine o jornal. Custa pouco, mas vale muito. 

Banca de Jornal

Popular