Conecte-se conosco

Política

Ciro Nogueira lança sua pré-candidatura a governador

Ou, pelo menos, quase lançou. Evento foi rebatizado de coletiva de imprensa onde Ciro Nogueira fez críticas a Wellington Dias, elogio a Regina Sousa e colocou João Vicente Claudino como alternativa,

Publicado

em

Lançamento de candidatura de Ciro Nogueira foi rebatizado de coletiva de imprensa com críticas a Wellington Dias, elogios a Regina Sousa e nome de João Vicente Claudino como possível candidato
Ciro Nogueira durante lançamento de pré-campanha que virou coletiva de imprensa | Foto: Divulgação / PP

No evento que reuniu integrantes do PSDB e do Progressistas, o senador Ciro Nogueira lançou sua pré-candidatura ao governo do Piauí. Ou pelo menos foi isso que pareceu.

Por diversas vezes, Ciro Nogueira usou a palavra esperança, que serviu para amenizar o forte tom crítico usado pelo senador para colocar o seu partido como alternativa aos petistas no Piauí. Por vários momentos o senador elevou o tom das críticass nas respostas aos jornalistas.

Ciro fez relatos que iberou “milhões” para o Estado, mas o governador “chama deputados” e distribui recursos sem projetos de desenvolvimento. “É lógico que nós temos que respeitar atuação dos deputados, as reivindicações dos deputados, mas em cima de um projeto de desenvolvimento para o nosso estado não apenas para lotear e fortalecer”, afirmou.

O senador chegou a insinuar que o governador Wellington Dias é preconceituoso por não lançar a vice-governadora Regina Sousa como candidata para substituílo e nas entrelinhas, chamou o governo de corrupto.

“Ela [Regina Sousa] sendo uma das pessoas mais honestas que eu conheço na minha vida, e talvez por isso é que o governador não a queira como candidata”.

Ciro Nogueira cita Regina Sousa como uma das pessoas mais. honestas que ele já conheceu. Segundo ele, "talvez seja por isso" que o governador Wellington Dias não a lance como substituta,
Ciro diz que Regina Sousa é uma das pessoas mais honestas que ele já conheceu

Durante todo o evento duas coisas ficaram evidentes e falaram mais alto do que as próprias palavras de Ciro Nogueira. Uma delas, a ausência de lideranças do seu próprio partido, como a deputada federal Margarete Coelho, o ex-prefeito Silvio Mendes, o deputado estadual Wilson Brandão e vereadores da capital.

Faltou também de Ciro a veemência na afirmação de que realmente estava se colocando como pré-candidato. Sobre a possibilidade de outro político ser o candidato em 2022 e não ele, Ciro Nogueira afirmou: “eu não teria dificuldade nenhuma de abrir mão desse meu sonho [ser governador], se isso se for a vontade da população. Mas o meu objetivo, é nós termos uma alternativa viável, se essa alternativa for senador Ciro, eu realizarei o sonho de mudar a realidade do povo”, disse.

O senador revelou que o seu candidato a governador seria Firmino Filho. “Eu não vou negar que o meu candidato do coração era o prefeito Firmino Filho, para o governo do estado, porque ele era para mim não o melhor gestor do Piauí mas o melhor gestor do Brasil.”

Uma semana antes da morte do ex-prefeito Firmino Filho, Ciro Nogueira havia ventilado seu nome como possível candidato ao Senado, não a governador. Publicamente, ele dizia que o prefeito era uma alternativa, mas nunca foi claro em Firmino ser candidato do seu “coração”.

Ciclo de Wellington Dias “está se encerrando”, disse Ciro Nogueira

O senador Ciro Nogueira reconheceu a força política de Wellington Dias. “Homem público que foi o maior líder dos últimos 20 anos eu não tiro aqui o valor e o poder do atual Governador”, mas afirmou que o ciclo de poder está se encerrando.

“É o cliclo que está se encerrando. Eu comparo aqui, nós tivemos o maior gestor da história, que foi Firmino filho, na melhor gestão, que foi a última gestão, e esse ciclo se encerrou. Imagine o governo desacreditado e com desaprovação, não tenha dúvida que esse ciclo está se encerrando.”

Ciro cita João Vicente como possível candidato a governador

No evento que seria o lançamento de sua pré-candidatura, Ciro Nogueira acaba citando João Vicente Claudino como alternativa para governaor em 2022
João Vicente é citado por Ciro Nogueira como possível candidato a governador em 2022

O que seria o lançamento de sua pré-candidatura a goverador do Piauí foi chamado por seus assessores de coletiva de imprensa. Em nenhum momento o senador Ciro Nogueira disse claramente que era candidatura, “se eleição fosse hoje, eu seria o candidato a governador, até porque é a vontade da população que isso se concretize.”

Sem apresentar números, Ciro Nogueira falou de pesquisa e “vontade da população”, mas não mostrou para a imprensa nenhuma pesquisa de intenção de voto que comprovasse suas afirmação de que estaria à frente de outros pré-candidatos num cenário para 2022.

Entre os que estavam presentes no palco armado, apenas o ex-senador João Vicente Claudino foi citado por Ciro Nogueira como um também possível candidato em 2002. “Eu não estou preocupado de quem vai estar comigo no próximo ano, dos políticos, porque nós vamos fazer uma mudança diferente. Ee eu vou vir para governar, se vai ser o João Vicente, vai ser outra pessoa… Mas tem que estar, acima de tudo, num projeto político que realize uma mudança significativa nesse estado”, concluiu.

Se o senador Ciro Nogueira realmente vai ser candidato a governador em 2022, somente o tempo e suas ações podem comprovar. Porém, um olhar mais atento sobre o palanque formado hoje, durante o evento do Progressistas, percebia um esvaziamento pela ausência de nomes do seu próprio partido e de outras siglas.

O grupo político que ali estava não havia conseguido manter a prefeitura de Teresina, sendo derrotado nas eleições de 2020. Chegar ao Palácio de Karnak vai ser um desafio ainda maior. Ciro Nogueira afirma que o povo está com ele.

“Ser governador desse estado não é uma obsessão, mas pode ser uma missão. Essa é certamente a diferença em relação ao lado de lá, que fabrica um candidato.”

Ciro nogueira

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Seduc convoca Organizações da Sociedade Civil para eleição do Conselho do Fundeb

Publicado

em

Por

Seduc convoca Organizações da Sociedade Civil para eleição do Conselho do Fundeb

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) publica o Edital da Comissão Especial Eleitoral Nº 01/2021 que tem como objetivo regulamentar a eleição de Organizações da Sociedade Civil (OSC) que terão representante na composição do Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb (CACS-Fundeb) do Estado do Piauí. As inscrições serão realizadas de 7 a 14 de maio e a assembleia de eleição no dia 24 de maio de 2021.

A Comissão Eleitoral é constituída por servidores da Seduc, que não possuem participação no CACS-Fundeb, e será responsável pela divulgação do edital, organização e realização da Assembleia de Eleição, até a divulgação final das Organizações da Sociedade Civil eleitas para indicarem representantes ao conselho.

A função de conselheiro do CACS-Fundeb não é remunerada, sendo considerada de relevante interesse social. Os representantes das OSCs interessados em exercê-la deverão atender aos requisitos de ter disponibilidade de tempo para participar das reuniões ordinárias e ter disponibilidade para participar dos encontros de formação.

Estão disponíveis duas vagas de titulares e duas vagas de suplentes para segmento de organizações da sociedade civil, para mandato de quatro anos.

A organização interessada em participar da eleição deverá imprimir e preencher o requerimento de inscrição e encaminhar juntamente com toda a documentação exigida no edital, em um único arquivo, por meio do endereço eletrônico ([email protected]).

A Assembleia de Eleição será realizada no dia 24 de maio de 2021, na modalidade de videoconferência, pela plataforma Zoom ou equivalente, cujo link de acesso será enviado antecipadamente às organizações habilitadas para o processo, no endereço eletrônico de envio da inscrição.

O resultado final da votação será divulgado e publicado no sítio eletrônico da Seduc. As organizações eleitas terão até o dia 25 de maio de 2021 para indicar o nome de seus representantes, titular e suplente.

Clique aqui e confira o edital

The post Seduc convoca Organizações da Sociedade Civil para eleição do Conselho do Fundeb appeared first on Governo do Piauí.

=
Com Informação do Governo do Piauí

Continue lendo

Política

Projeto da Residência Pedagógica realiza palestra sobre materiais didáticos no ensino remoto

Publicado

em

Por

Projeto da Residência Pedagógica realiza palestra sobre materiais didáticos no ensino remoto

O subprojeto Letras Inglês, da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) promoverá, nesta sexta-feira (7), de 10h às 12h, uma palestra como parte da Formação Continuada de Residentes e Preceptores, para alunos regulares do curso de Letras Inglês e demais interessados, por meio do Google Meet.

A palestra terá como tema “(Re)pensando matérias didáticos para ensino remoto: Entendendo os papéis das metodologias ativas”, e como palestrante, Patrícia Oliveira Lucas, da Universidade Federal do Piauí (UFPI).

As metodologias ativas são recursos necessários da aprendizagem e mecanismos didáticos que colocam o aluno direta e ativamente como protagonista no processo de aquisição do conhecimento, principalmente nos meses de pandemia, com o ensino remoto.

“A metodologia ativa apresenta e convida alunos, com auxílio da tecnologia, para aprendizagem colaborativa, aprendizagem híbrida, aprendizagem baseada em problemas, aprendizagem baseada em projetos, sala de aula invertida, portfólios e gamificação. Essas promovem autonomia do aprendiz”, explica a professora Maria Eldelita, coordenadora de área pedagógica de Letras Inglês.

Inscrições

A palestra contará com 50 vagas e as inscrições estão abertas até esta sexta (7), e podem ser feitas por meio do e-mail da coordenação do curso: [email protected]

The post Projeto da Residência Pedagógica realiza palestra sobre materiais didáticos no ensino remoto appeared first on Governo do Piauí.

=
Com Informação do Governo do Piauí

Continue lendo

Câmbio

Capa

Tempo

Caro leitor,

Diariamente você recebe dezenas notícias no seu whatsapp. Algumas são verdadeiras, outras não.

Por isso, é tão importante poder contar com uma fonte de informação confiável – e independente.

É isso que nós fazemos. Produzimos conteúdo. De relevância e com qualidade. Nós checamos as informações antes de publicar para que você receba apenas a verdade.

Nós analisamos os fatos para que você construa sua opinião. Nós entrevistamos pessoas, confrontamos autoridades e cobramos resultados do setor público.

O Jornal Diário do Povo faz jornalismo. E para fazer bem feito, nós precisamos do seu apoio. Assine o jornal. Custa pouco, mas vale muito. 

Banca de Jornal

Popular