Conecte-se conosco

Política

Teresina está de luto por Firmino Filho

Ex-prefeito de Teresina foi encontrado morto na tarde desta terça-feira(6). Cidade vai homenagear Firmino Filho com cortejo pelas ruas da capital.

Publicado

em

Teresina está de luto por Firmino Filho
Morte do ex-prefeito abalou a capital

O ex-prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), morreu nesta terça-feira(6 de abril), aos 57 anos. Seu corpo foi encontrado no início da tarde em frente ao Edifício Manhattan, na zona Leste da capital, onde funciona o Tribunal de Contas da União (TCU). 

Firmino Filho é auditor de carreira do órgão e retornou ao trabalho após deixar a Prefeitura de Teresina em janeiro deste ano.

Segundo apurou a reportagem do Jornal Diário do Povo, a maioria dos servidores do Tribunal está trabalhando na modalidade “home office”, mas Firmino Filho compareceu ao escritório do TCU nesta terça(6) e permaneceu sozinho numa sala de reunião por mais ou menos uma hora. 

Um dos funcionários do órgão, que pediu para não ser identificado, relatou que Firmino havia manifestado a intenção de pedir licença do órgão nos próximos dias essa semana.

Em áudio compartilhado nas redes sociais, uma funcionária do órgão de nome Ceicinha relatou que um senhor de nome Bernardo viu o ex-prefeito em pé, descalço, “olhando”. 

Ela diz que teria perguntado a um terceiro “será que ele vai se jogar?”. No relato ela diz que cinco minutos depois o recepcionista do prédio ligou para uma funcionária de nome Camila informando que alguém do escritório teria se jogado do prédio e que foram correndo até a sala onde estava Firmino Filho e lá encontraram seus sapatos e o celular.

“Bernando, na hora que tu me disse, porque que nós não fomos lá ver ele, eu dou fé que tínhamos até evitado isso, meu Deus”

Áudio de uma funcionária do tribunal de contas da união

No aúdio que foi compartilhado nas redes sociais, aos prantos, a funcionária, que estava na copa na hora da tragédia, chorava a morte de Firmino Filho.

A trágica morte de Firmino Filho comoveu a cidade de Teresina. Inúmeras manifestações se seguiram nas redes sociais lamentando o desfecho do gestor que esteve à frente da Prefeitura de Teresina por quatro mandatos. Além de ex-prefeito da capital, Firmino Filho também foi vereador de Teresina e deputado estadual. Todos os mandatos pelo PSDB, partido pelo qual disputou todas as suas eleições.

A Polícia Militar foi a primeira a chegar ao local. A filha do ex-prefeito fez o reconhecimento do corpo. Por volta das 17h, policiais civis começaram a perícia no local. O corpo foi recolhido pelo IML por volta das 18h20.

Uma equipe do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) se dirigiu ao local da tragédia e vai investigar o caso. Segundo o diretor do Instituto de Criminalística, médico Antônio Nunes, a perícia segue nesta quarta-feira (7). “Ainda estamos no meio das investigações, foi medido a queda, do prédio ao chão, mas nem isso eu sei ainda, pois foi medido agora com calma, porém a maioria das informações eu prefiro reservar”, disse.

Segundo Antonio Nunes, um veículo será periciado e peritos solicitaram que o procedimento fosse realizado durante o dia.

“A gente está acompanhando tudo até para que alguma coisa que for possível e tem um veículo que será feito levantamento, pois a perita pediu que tem mais sentido fazer pela manhã e a gente entendeu, não discutimos isso.”

A perícia também esteve na sala de reuniões do 14o andar de onde teria caído o ex-prefeito de Teresina, Firmino Filho. 

“Não dá ainda para definir o que aconteceu mesmo por uma questão jurídica, mas geralmente a gente trabalha com três hipóteses gerais. Foi feito o devido levantamento lá em cima pelos peritos criminais. Os delegados acompanharam, e a DHPP esteve aqui também fazendo seu levantamento”, concluiu o médico Antônio Nunes.

Após a tragédia, uma multidão se juntou em frente ao Edifício, na avenida Senador Area Leão, zona Leste da capital. A avenida teve que ser interditada para o fluxo de veículos.

Políticos, amigos e correligionários do ex-prefeito Firmino Filho também estiveram no local da tragédia. Os ex-secretários de Educação do município, Kleber Montezuma de Governo, Fernando Said, o vereador Edson Melo(PSDB) e o deputado estadual Júlio Arcoverde(PP) acompanharam os procedimentos iniciais. Charles Silveira, primo de Firmino e ex-presidente da Fundação Municipal de Saúde (FM) também esteve no local. Todos estavam muito emocionados.

Economista, professor da Universidade Federal do Piauí(UFPI), auditor do Tribunal de Contas da União (TCU), ex-vereador da capital, ex-deputado estadual e ex-prefeito de Teresina por quatro mandatos. Firmino Filho morre aos 57 anos, deixa esposa, a deputada estadual Lucy Silveira (PP) e três filhos, Bárbara, Bruno e Cristina.

Teresina se despede de Firmino Filho

Ex-prefeito Firmino Filho morre em Teresina
Firmino será homenageado com cortejo em Teresina

Desde ontem(6), um clima de começou se abateu sobre Teresina. A capital tem uma forte  ligação com o prefeito que a cidade viu amadurecer na política e que mais tempo ficou no cargo. 

A tragédia em torno da sua morte prematura enlutou todos. De aliados a adversários, de crianças a idosos, todos sentiram a morte de Firmino Filho, aos 57 anos de idade.

Ontem, uma multidão se formou no local da tragédia. Com as medidas de restrições, o velório se tornou inviável e a família optou por uma despedida simbólica para que a população pudesse se despedir do homem público.

Um cortejo vai percorrer as principais ruas de Teresina até o Cemitério Recanto da Saúde. O carro com o corpo do ex-prefeito vai passar pelo Palácio da Cidade.



A saída do cortejo acontece às 7h30, da Funerária Lotus, na av. Miguel Rosa, segue pelas Avenidas Frei Serafim e Marechal Castelo Branco (Centro) até a Praça do Poty Velho (zona Norte) e continua pela Avenida Ministro Sérgio Mota, no bairro Santa Maria da Codipi. 

Retorna pela Prefeitura de Teresina, na rua Félix Pacheco (Centro), segue pela Avenida Luís Pires, no bairro Saci, (Zona Sul) em direção à Avenida Principal do Dirceu (Sudeste) e continua pela Avenida Zequinha Freira (Leste) até o Cemitério onde ocorre o sepultamento.

Última mensagem de Firmino Filho

“É preciso conservar a força no espírito para se manter forte e esperançoso em dias tão difíceis. Nessa sexta-feira santa, meu desejo é que a grande lição de esperança dada por Jesus há tantos anos, possa ser finalmente entendida. Possa ser finalmente praticada.”

Firmino filho, 02 de abril de 2021

Trajetória Política

Trajetória política de Firmino Filho
Firmino Filho foi o prefeito com maior número de mandatos em Teresina

Em 2022, faria 30 anos desde que Firmino Filho se tornou uma figura pública. Em 1992, ele assumiu o cargo de secretário de Finanças na gestão de Wall Ferraz, logo em seguida foi lançado candidato a prefeito de Teresina, tendo vencido a eleição de 1996 naquela que foi sua primeira disputa como político. 

Quando assumiu a Prefeitura de Teresina pela primeira vez, em 1996, Firmino Filho era um jovem de 33 anos. Por seu trabalho na Educação do município, ganhou o prêmio “Prefeito Criança”, concedido pelo UNICEF – Fundo das Nações Unidas para a Infância e Fundação Abrinq – Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente. O prêmio foi entregue pelas mãos da cantora Daniela Mercury, embaixadora do UNICEF, em 1999.

A ampla publicidade à época em torno do reconhecimento fez com que Firmino Filho ganhasse o apelido de “Prefeito Criança”, alcunha que carregou até o último mandato, encerrado em 2018.

De 1996 pra cá, Firmino comandou o Palácio da Cidade por quatro vezes. Nenhum outro prefeito de Teresina conseguiu ficar por tanto tempo no cargo, nem mesmo Wall Ferraz, responsável por alçar Firmino Filho à vida pública quando o escolheu como secretário.

Reeleito em 2000, concluiu o mandato e elegeu seu sucessor, o médico Sílvio Mendes, em 2004. Disputou o cargo de governador do Piauí em 2006, perdeu a eleição e permaneceu mais dois anos sem mandato eletivo. Em 2008, reinicia sua carreira política como vereador da capital, o mais votado da história. Lança-se, dois anos depois, ao cargo de deputado estadual e é eleito. Em 2012, voltou à prefeitura de Teresina numa disputa acirrada com o prefeito Elmano Férrer (PTB). Em 2016, foi reeleito para seu último mandato no Palácio da Cidade.

Teresina acompanhou o amadurecimento do ex-prefeito. O rosto jovem e os cabelos pretos que moldavam o rosto do estreante da política em 1992 deram lugar à face marcada pela experiência e aos ralos cabelos brancos, sinais da idade e dos problemas que enfrentou à frente de Teresina. Dos 33 ao 57, Firmino Filho dedicou sua vida à gerir Teresina.

Aos amigos mais próximos, não escondia o sonho de ser governador do Piauí. Sua trajetória política foi interrompida tragicamente neste 06 de abril de 2021 após ter enfrentado um dos maiores desafios: a pandemia de Covid-19.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nacional

Fábio Wajngarten: o homem que pode eximir Bolsonaro ou condená-lo na CPI

Publicado

em

Por

Fábio Wajngarten depõe na CPI da Covid nesta quarta-feira(11)
Fábio Wajngarten | Foto Marcelo Camargo/Ag. Brasil
Sobre os ombros do ex-secretário de Comunicação da Presidência da República, advogado Fábio Wajngarten, pesa a responsabilidade de mudar os rumos da CPI da Covid no Senado Federal. Na primeira semana dos trabalhos da comissão, o governo Bolsonaro saiu derrotado em praticamente todos os depoimentos. Marcado para esta quarta-feira(12), o testemunho de Fábio Wajngarten pode […]
Continue lendo

Política

Wellington Dias trata sobre imunização em massa com Anvisa, governadores e senadores

Publicado

em

Por

Wellington Dias trata sobre imunização em massa com Anvisa, governadores e senadores
Reunião com Anvisa, governadores e senadores. Foto: Jorge Bastos

O presidente do Consórcio Nordeste e governador do Piauí, Wellington Dias, reuniu-se, virtualmente, nesta segunda-feira (10), com representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), da Comissão Temporária da Covid-19 e com governadores. Em pauta, as dificuldades enfrentadas pelos estados, o estágio da pandemia, o progresso do cronograma de vacinação e a compra de vacinas de maneira descentralizada por estados e municípios.

Wellington Dias pretende buscar junto ao Governo Federal a celeridade na imunização da população e manter o fomento da economia nacional. “Agradeço a abertura do diálogo com a Anvisa e faço um apelo para que possamos alcançar cerca de 100 milhões de doses de vacina para que o Brasil tenha condições de imunização em massa, pelo menos, até agosto deste ano, como vai ocorrer com os países mais desenvolvidos. Queremos garantir variadas vacinas e produção de IFA pelo Butantan, União Química e Fiocruz. Precisamos evitar uma terceira onda da Covid-19”, afirmou o governador.

Na reunião, alguns pontos destacados foram: a situação atual dos leitos de UTI e oxigênio medicinal; programa de testagem da população nos estados e municípios; compra e fabricação de vacinas; retorno das aulas presenciais; isolamento social e medidas restritivas.

Continue lendo

Câmbio

Capa

Tempo

Caro leitor,

Diariamente você recebe dezenas notícias no seu whatsapp. Algumas são verdadeiras, outras não.

Por isso, é tão importante poder contar com uma fonte de informação confiável – e independente.

É isso que nós fazemos. Produzimos conteúdo. De relevância e com qualidade. Nós checamos as informações antes de publicar para que você receba apenas a verdade.

Nós analisamos os fatos para que você construa sua opinião. Nós entrevistamos pessoas, confrontamos autoridades e cobramos resultados do setor público.

O Jornal Diário do Povo faz jornalismo. E para fazer bem feito, nós precisamos do seu apoio. Assine o jornal. Custa pouco, mas vale muito. 

Banca de Jornal

Popular