Conecte-se conosco

Política

Desaprovação do governo Bolsonaro está em 51%, diz PoderData

Nordeste lidera rejeição e sul a aprovação

Publicado

em

Desaprovação do governo Bolsonaro

De Brasília – O PoderData, divisão de estudos estatísticos do site Poder360, divulgou na última quarta-feira (3) números de aprovação do governo Bolsonaro. A pesquisa foi realizada neste semana entre os dias 1 e 3 de março.

Segundo o instituto, a desaprovação ao governo é de 51%, 2 p.p a mais que o levantamento anterior. Há duas semanas (15 a 16 de feveireiro), a desaprovação era de 49%. O crescimento de 2% no número de brasileiros insatisfeitos com o governo ainda está dentro da margem de erro da pesquisa que também é de 2 pontos percentuais. O dados mostram que a aprovação segue estável, sem grandes oscilações.

Na pesquisa desta semana, 40% dos entrevistado disseram aprovar o governo Bolsonaro, 9% não souberam responder. Veja os gráficos da pesquisa:



Nordestino é quem mais desaprova governo Bolsonaro

Pelo levantamento do PoderData desta semana, o Nordeste é a região do Brasil que mais desaprova o governo Bolsonaro. Dos entrevistados nordestinos, 58% disseram que não aprovam, 34% aprovam e 8% não souberam responder.

A região centro-oeste concentra o maior número de indecisos (26%) o que representa mais de 3 vezes a média das outras regiões. Neste mesmo levantamento, 45% disseram e apenas 29% desaprovam o governo Bolsonaro.

No sul do país, o governo Bolsonaro tem o maior índice de aprovação: 53%.


Foram entrevistadas 2.500 pessoas em 509 municípios em todas as 27 unidades federativas. O Instituto responsável pelo levantamento é o DataPoder.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Seduc convoca Organizações da Sociedade Civil para eleição do Conselho do Fundeb

Publicado

em

Por

Seduc convoca Organizações da Sociedade Civil para eleição do Conselho do Fundeb

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) publica o Edital da Comissão Especial Eleitoral Nº 01/2021 que tem como objetivo regulamentar a eleição de Organizações da Sociedade Civil (OSC) que terão representante na composição do Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb (CACS-Fundeb) do Estado do Piauí. As inscrições serão realizadas de 7 a 14 de maio e a assembleia de eleição no dia 24 de maio de 2021.

A Comissão Eleitoral é constituída por servidores da Seduc, que não possuem participação no CACS-Fundeb, e será responsável pela divulgação do edital, organização e realização da Assembleia de Eleição, até a divulgação final das Organizações da Sociedade Civil eleitas para indicarem representantes ao conselho.

A função de conselheiro do CACS-Fundeb não é remunerada, sendo considerada de relevante interesse social. Os representantes das OSCs interessados em exercê-la deverão atender aos requisitos de ter disponibilidade de tempo para participar das reuniões ordinárias e ter disponibilidade para participar dos encontros de formação.

Estão disponíveis duas vagas de titulares e duas vagas de suplentes para segmento de organizações da sociedade civil, para mandato de quatro anos.

A organização interessada em participar da eleição deverá imprimir e preencher o requerimento de inscrição e encaminhar juntamente com toda a documentação exigida no edital, em um único arquivo, por meio do endereço eletrônico ([email protected]).

A Assembleia de Eleição será realizada no dia 24 de maio de 2021, na modalidade de videoconferência, pela plataforma Zoom ou equivalente, cujo link de acesso será enviado antecipadamente às organizações habilitadas para o processo, no endereço eletrônico de envio da inscrição.

O resultado final da votação será divulgado e publicado no sítio eletrônico da Seduc. As organizações eleitas terão até o dia 25 de maio de 2021 para indicar o nome de seus representantes, titular e suplente.

Clique aqui e confira o edital

The post Seduc convoca Organizações da Sociedade Civil para eleição do Conselho do Fundeb appeared first on Governo do Piauí.

=
Com Informação do Governo do Piauí

Continue lendo

Política

Projeto da Residência Pedagógica realiza palestra sobre materiais didáticos no ensino remoto

Publicado

em

Por

Projeto da Residência Pedagógica realiza palestra sobre materiais didáticos no ensino remoto

O subprojeto Letras Inglês, da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) promoverá, nesta sexta-feira (7), de 10h às 12h, uma palestra como parte da Formação Continuada de Residentes e Preceptores, para alunos regulares do curso de Letras Inglês e demais interessados, por meio do Google Meet.

A palestra terá como tema “(Re)pensando matérias didáticos para ensino remoto: Entendendo os papéis das metodologias ativas”, e como palestrante, Patrícia Oliveira Lucas, da Universidade Federal do Piauí (UFPI).

As metodologias ativas são recursos necessários da aprendizagem e mecanismos didáticos que colocam o aluno direta e ativamente como protagonista no processo de aquisição do conhecimento, principalmente nos meses de pandemia, com o ensino remoto.

“A metodologia ativa apresenta e convida alunos, com auxílio da tecnologia, para aprendizagem colaborativa, aprendizagem híbrida, aprendizagem baseada em problemas, aprendizagem baseada em projetos, sala de aula invertida, portfólios e gamificação. Essas promovem autonomia do aprendiz”, explica a professora Maria Eldelita, coordenadora de área pedagógica de Letras Inglês.

Inscrições

A palestra contará com 50 vagas e as inscrições estão abertas até esta sexta (7), e podem ser feitas por meio do e-mail da coordenação do curso: [email protected]

The post Projeto da Residência Pedagógica realiza palestra sobre materiais didáticos no ensino remoto appeared first on Governo do Piauí.

=
Com Informação do Governo do Piauí

Continue lendo

Câmbio

Capa

Tempo

Caro leitor,

Diariamente você recebe dezenas notícias no seu whatsapp. Algumas são verdadeiras, outras não.

Por isso, é tão importante poder contar com uma fonte de informação confiável – e independente.

É isso que nós fazemos. Produzimos conteúdo. De relevância e com qualidade. Nós checamos as informações antes de publicar para que você receba apenas a verdade.

Nós analisamos os fatos para que você construa sua opinião. Nós entrevistamos pessoas, confrontamos autoridades e cobramos resultados do setor público.

O Jornal Diário do Povo faz jornalismo. E para fazer bem feito, nós precisamos do seu apoio. Assine o jornal. Custa pouco, mas vale muito. 

Banca de Jornal

Popular