Conecte-se conosco

Cidades

Prefeitura de Teresina busca implementar ações integradas de planejamento e urbanismo voltados para 1ª infância

Publicado

em

Prefeitura de Teresina busca implementar ações integradas de planejamento e urbanismo voltados para 1ª infância

Prefeito Dr. Pessoa e o vice-prefeito, Robert Rios, celebram e apoiam iniciativa Fotos: Rômulo Piauilino / SEMCOM

A Prefeitura de Teresina realizou, nesta terça-feira (7), uma reunião para tratar da parceria com a Rede Urban95, da Fundação Bernard Van Leer. O objetivo é concentrar esforços para revisar o Plano Municipal Pela Primeira Infância e implementar ações que unam planejamento e urbanismo nesta perspectiva. Participaram do encontro as pastas municipais e entidades representativas da figura infantil.

Teresina passou a integrar a rede Urban95, ainda neste segundo semestre de 2021, assim como outros dez municípios brasileiros. O município receberá suporte e acompanhamento para construir diagnósticos sobre a primeira infância, implementar o Plano Municipal pela Primeira Infância e promover ações de requalificação de espaços públicos, mobilidade para famílias, gestão de dados e melhorias de serviços para a primeira infância.

A participação de representantes das secretarias de Educação, Saúde, Assistência Social, Esporte, Juventude e da Mulher no encontro visa uma integração e um maior compromisso do governo com as pautas em questão. “Teresina está de braços abertos para esta iniciativa. Fomos agraciados com este projeto e com o auxílio da Fundação vamos trabalhar juntos em prol da primeira infância, elaborando políticas públicas que beneficiem a população e nossas crianças”, disse o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa.

“Teresina é uma cidade que tem estado em nossa cartela de interesse e, desde 2020, através da Agenda Teresina 2030, temos tido contato e conseguimos consolidar esta parceria este ano. Nós, da Fundação Bernard Van Leer, buscamos apoiar o município na elaboração de diagnósticos locais sobre a experiência e o acesso do público infantil e seus cuidadores aos espaços urbanos, disponibilizando dados para embasar a construção de políticas públicas mais assertivas para a primeira infância e alinhadas a outras agendas estratégicas locais. Estamos felizes em vir a Teresina e ter este contato próximo com os entes envolvidos e que trabalharão conosco nesta perspectiva”, explicou Thais Sanches, coordenadora de programas da Fundação Bernard van Leer.

“É uma parceria muito feliz e pouquíssimas cidades no Brasil integram essa rede e Teresina tem essa grata surpresa. Recebemos esta equipe com muita satisfação e vamos discutir projetos e adequações ao Plano Municipal Pela Primeira Infância para alavancar ações que irão marcar a gestão do prefeito Dr. Pessoa. Esse é o resultado de uma visita que realizamos a dois municípios paulistas que já possuem propostas neste sentido e vamos avançar também na capital”, explica João Henrique Sousa, secretário municipal de Planejamento.

O Departamento Agenda 2030, vinculado à Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan), está à frente das missões propostas pela parceira Urban95. O foco dessa união é trabalhar em prol do desenvolvimento urbano que pense também nas crianças que ainda estão na primeira infância e em seus cuidadores. Procurando integrar educação, mobilidade, urbanismo e outras áreas que atendam de forma integrada essa criança que acaba de ser inserida dentro da sociedade.

“Essa ação está sendo encabeçada pela Agenda 2030, e trabalhando de forma integrada com outras secretarias municipais nos esforçamos para que todos os objetivos apontados sejam cumpridos com êxito. Reuniões como esta são importantes para que nosso trabalho esteja sempre alinhado de forma que todas as pautas sejam sendo atendidas em pleno curso”, acrescenta Kárita Allen, Secretária Executiva de Planejamento Estratégico e Gestão (Seplag).

A Prefeitura está adiantada no que se refere aos estudos para execução de políticas públicas que atendam ao público em questão. Ainda no mês de Outubro, foi realizada uma visita técnica ao município de Jundiaí, no estado de São Paulo, para que a Prefeitura pudesse ter um parâmetro de projetos como o Mundo Da Criança para desenvolver um piloto na capital.

“Utilizando o exemplo de Jundiaí (SP), nós queremos integrar a educação de nossas crianças a uma política de educação ambiental, estamos trabalhando para desenvolver um projeto piloto de escola que atenda essas crianças nessa modelagem, integrando a educação curricular formal e as metodologias lúdicas de ensino podemos ter um maior aproveitamento no desenvolvimento do aprendizado dessas crianças”, conclui Nouga Cardoso, secretário municipal de Educação.

Urban95 no Brasil

A Rede Urban95 Brasil surgiu com o objetivo de promover, desenvolver e fortalecer programas e políticas públicas voltadas ao bem-estar e qualidade de vida das crianças de 0 a 6 anos nas cidades brasileiras. O projeto apoia os municípios na elaboração de diagnósticos locais sobre a experiência e o acesso do público infantil e seus cuidadores aos espaços urbanos, disponibilizando dados para embasar a construção de políticas públicas mais assertivas para a primeira infância e alinhadas a outras agendas estratégicas locais.

Integram a rede Urban95 Brasil 24 municípios. Em fase avançada de mobilização há: Aracaju (SE), Boa Vista (RR), Brasiléia (AC), Campinas (SP), Caruaru (PE), Crato (CE), Fortaleza (CE), Ilhéus (BA), Jundiaí (SP), Niterói (RJ), Pelotas (RS), Recife (PE) e São Paulo (SP). E em fase de integração há: Alcinópolis (MS), Alfenas (MG), Benevides (PA), Canoas (RS), Cascavel (PR), Mogi das Cruzes (SP), Paragominas (PA), São José dos Campos (SP), Sobral (CE), Teresina (PI) e Uruçuca (BA).

Com Informação da Prefeitura de Teresina

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Câmbio

Propaganda

Capa

Tempo

Caro leitor,

Diariamente você recebe dezenas notícias no seu whatsapp. Algumas são verdadeiras, outras não.

Por isso, é tão importante poder contar com uma fonte de informação confiável – e independente.

É isso que nós fazemos. Produzimos conteúdo. De relevância e com qualidade. Nós checamos as informações antes de publicar para que você receba apenas a verdade.

Nós analisamos os fatos para que você construa sua opinião. Nós entrevistamos pessoas, confrontamos autoridades e cobramos resultados do setor público.

O Jornal Diário do Povo faz jornalismo. E para fazer bem feito, nós precisamos do seu apoio. Assine o jornal. Custa pouco, mas vale muito. 

Banca de Jornal

Propaganda

Popular