Conecte-se conosco

Cidades

Planejamento do Município e Estado se reúnem para discutir investimentos para Teresina

Publicado

em

Planejamento do Município e Estado se reúnem para discutir investimentos para Teresina

Nesta terça-feira (30) a Prefeitura de Teresina, representada por uma comissão formada por servidores da Secretaria Executiva de Planejamento Estratégico e Gestão (Seplag), vinculada à Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan), se reuniu com a equipe da Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan), para discutir o orçamento referente ao Projeto da Lei Orçamentária Anual do Estado para o exercício financeiro de 2022 (PLOA).

A equipe foi recebida na sede da Seplan (PI) pela secretaria da pasta estadual Rejane Tavares. A secretária de planejamento estratégico, Kárita Allen e equipe técnica discutiram sobre os investimentos de verbas que serão repassados ao município, buscando alinhar um direcionamento ainda mais assertivo para esses recursos. O PLOA 2022 ainda está em discussão e votação no plenário da Alepi até o final do ano legislativo. Depois de aprovado, será encaminhado ao Governador para sanção da lei.

Dentre outras pautas abordadas na reunião, foram elencadas as prioridades da Prefeitura de Teresina referentes aos dados do Teresinense Participativo, site que foi desenvolvido com o objetivo de acolher as demandas dos cidadãos teresinenses na construção do Plano Plurianual (2022-2025). O desenvolvimento da estrutura urbana é uma da prioridade da PPA (2022-2025).

“Reuniões como essa são importantes para que nós da gestão municipal e estadual estejamos alinhados no que diz respeito às demandas da população em geral, trouxemos pontos que foram solicitados pelos próprios teresinenses para mesa para que fique claro que nossa gestão trabalha compromissada com melhorias na capital” explica, Kárita Allen, Secretária Executiva de Planejamento Estratégico do município de Teresina.

O projeto da Lei Orçamentária Anual para o exercício financeiro de 2022 (PLOA) foi apresentado ainda neste mês de Novembro, em audiência pública na Comissão de Fiscalização e Controle, Finanças e Tributação da Assembleia Legislativa do Piauí (ALEPI), mediada pelo deputado Henrique Pires (MDB), relator do Orçamento. A audiência teve como objetivo tratar de pontos referentes ao orçamento de todo o Estado e, em especial, solicitadas informações sobre obras e demais investimentos prioritários com recursos do Estado para Teresina.

“É muito importante o relacionamento e esse alinhamento entre município e estado. É sempre positivo ouvir as equipes dos municípios e receber uma sugestão e ideias a serem aplicadas. Dessa forma, conseguimos direcionar de forma ainda mais assertiva os recursos do Estado. Temos um amadurecimento muito grande nessa discussão e estamos disponíveis para que possamos trabalhar juntos”, explicou Rejane Tavares, Secretária Estadual de Planejamento.

O orçamento estadual para o próximo ano será de R$ 14,6 bilhões, com crescimento de 4,6% em relação ao projetado para 2021 e está pautado na conjuntura econômica e social do Estado, em que as prioridades foram definidas a partir das crises econômica, sanitária e política que o Brasil está vivendo. As áreas de Assistência Social, Saúde, Educação e Segurança tiveram os maiores crescimentos.

Ainda durante o encontro, foi firmado o compromisso de parceria entre município e estado para demandas que precisam ser discutidas de forma minuciosa para melhor atender o cidadão teresinense, fortalecendo assim, as políticas públicas compartilhadas entre os dois entes para 2022.

=
Com Informação da Prefeitura de Teresina

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Previsão do tempo: INMET emite alerta de chuvas intensas no Piauí

INMET emite alerta amarelo e laranja para chuvas intensas no Piauí e na capital Teresina.

Publicado

em

Alerta de chuvas intensas no PIauí

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) emitiu alertas amarelo e laranja para chuvas intensas no Piauí. De acordo com as informações do órgão, a capital Teresina está sob alerta amarelo (perigo potencial), mas parte do território piauiense está sob alerta laranja (perigo).

As áreas do estado que estão sobre alerta laranja estão concentradas no sul do Piauí, conforme é possível ver no mapa. De Baixa Grande do Ribeiro até Sebastião Barros, todos os municípios piauienses estão afetados pelas chuvas intensas.

De Teresina a Dom Inocêncio, muito outros municípios estão sob alerta amarelo.

O INMET aconselha que em caso de rajadas de vento as pessoas não se abriguem debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas. Não se deve estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

É aconselhado que se evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada na hora das chuvas.

Continue lendo

Cidades

SEMDUH esclarece sobre o uso correto das lixeiras próprias para material reciclável

Publicado

em

Por

SEMDUH esclarece sobre o uso correto das lixeiras próprias para material reciclável

Lixo jogado de foma irregular nos depósitos de coleta seletiva no bairro Saci Fotos(Ascom/Semduh)

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH) esclarece à população de Teresina que as lixeiras de Coleta Seletiva são exclusivas para receber material reciclável. Recentemente, foi registrado na praça da Igreja Sagrado Coração de Jesus, na avenida Dr. Luís Pires Chaves, a principal do bairro Saci, zona Sul de Teresina, o descarte de lixo comum nessas lixeiras, o que é considerado irregular.

Esse tipo de conduta gera inúmeros prejuízos para todos como mau cheiro e proliferação de insetos transmissores de doenças. Além disso, a população que transita pelo local reclama da sujeira e do incômodo, especialmente para quem frequenta a praça como forma de lazer e local para praticar atividade física.

A SEMDUH reforça que o descarte irregular de lixo gera multa que vai de R$ 369 a R$ 3.690. “Nós temos a fiscalização do Programa Lixo Zero, que é diária, e também recebemos dezenas de mensagens de populares com imagens que flagram pessoas jogando lixo em local proibido. Não admitimos esse tipo de comportamento, por isso, estamos aplicando multas em quem é identificado nessas imagens. A população precisa fazer sua parte, não tem como a Prefeitura manter a cidade limpa se os próprios habitantes insistem em jogar lixo nas ruas”, alerta o secretário da SEMDUH, Edmilson Ferreira.

O gestor acrescenta que o descarte correto do lixo é o seguinte:

– Lixo doméstico: deve ser acondicionado em sacos plásticos e bem amarrados. Estes sacos devem ser colocados na porta das residências, dia sim e dia não, de acordo com a programação de coleta domiciliar de cada bairro.

– Material de construção, móveis usados e podas de árvore: devem ser descartados nos Pontos de Recolhimento de Resíduo (PRR).

– Material reciclável: deve ser descartado nos Postos de Entrega Voluntária (PEVs). Ao todo, são 21 postos espalhados por todas as zonas da cidade.

Com Informação da Prefeitura de Teresina

Continue lendo

Câmbio

Capa

Tempo

Caro leitor,

Diariamente você recebe dezenas notícias no seu whatsapp. Algumas são verdadeiras, outras não.

Por isso, é tão importante poder contar com uma fonte de informação confiável – e independente.

É isso que nós fazemos. Produzimos conteúdo. De relevância e com qualidade. Nós checamos as informações antes de publicar para que você receba apenas a verdade.

Nós analisamos os fatos para que você construa sua opinião. Nós entrevistamos pessoas, confrontamos autoridades e cobramos resultados do setor público.

O Jornal Diário do Povo faz jornalismo. E para fazer bem feito, nós precisamos do seu apoio. Assine o jornal. Custa pouco, mas vale muito. 

Banca de Jornal

Popular