Conecte-se conosco

Cidades

PMT estuda reforçar Projeto Florescer como piloto para políticas públicas para 1º infância

Publicado

em

PMT estuda reforçar Projeto Florescer como piloto para políticas públicas para 1º infância

Nesta segunda-feira (29) a Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação, representada pela secretária executiva de planejamento estratégico, Kárita Allen, visitou o Espaço Florescer Sudeste com o intuito de conhecer as instalações e as demandas que o espaço possui. A Prefeitura estuda a inclusão desse espaço no Plano Orçamentário para que ele seja utilizado como projeto piloto voltado para primeira infância nos projetos apoiados pelo Programa Urban95 da Fundação Bernard van Lee.

A Secretaria de Políticas de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM), possui um planejamento voltado para atender a primeira infância dentro das instalações do projeto Florescer e a parceria com o Programa Urban95 fortaleceria a rede de apoio às políticas implementadas para as mulheres e seus filhos. O Espaço Florescer foi inicialmente pensado para mulheres e crianças de um a dois anos e onze meses, com 100 vagas em cada unidade e tem como objetivo fornecer atendimento integral à mulher e suas crianças em situação de vulnerabilidade social e violência doméstica e de gênero, apoiando o desenvolvimento de sua autonomia e autoestima na perspectiva da igualdade de gênero.

“Na viagem que fizemos a Jundiaí (SP), tivemos a oportunidade de aprender com um sistema de educação que já vem dando certo, e nosso objetivo é fazer com que esse método seja inspiração para o desenvolvimento de melhorias dentro do nosso município. Identificamos o Projeto Florescer como uma porta para reforço dessas ações para primeira infância”, conclui Kárita Allen, Secretária Executiva de Planejamento Estratégico e Gestão.

“O projeto dar suporte para mulheres em situação de vulnerabilidade social, acolhendo toda a família através do acompanhamento infantil, com cursos de capacitação disponibilizados dentro do próprio espaço e acolhendo também os parceiros dessas mulheres de forma educativa através de palestras e encontros voltados para a melhoria de todo o seio familiar, visando um sucesso na atuação dentro de cada família que se encontra nesta situação”, conta Maria Lourdes, a Malu, coordenadora do Florescer Sudeste.

O projeto fomenta uma maior articulação entre políticas públicas em vários setores como saúde, educação, assistência social, e qualificação profissional, ampliando o alcance da atuação pública para que mulheres e suas famílias consigam enfrentar e modificar a situação de vulnerabilidade ou violência em que se encontram.

=
Com Informação da Prefeitura de Teresina

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Câmbio

Propaganda

Capa

Tempo

Caro leitor,

Diariamente você recebe dezenas notícias no seu whatsapp. Algumas são verdadeiras, outras não.

Por isso, é tão importante poder contar com uma fonte de informação confiável – e independente.

É isso que nós fazemos. Produzimos conteúdo. De relevância e com qualidade. Nós checamos as informações antes de publicar para que você receba apenas a verdade.

Nós analisamos os fatos para que você construa sua opinião. Nós entrevistamos pessoas, confrontamos autoridades e cobramos resultados do setor público.

O Jornal Diário do Povo faz jornalismo. E para fazer bem feito, nós precisamos do seu apoio. Assine o jornal. Custa pouco, mas vale muito. 

Banca de Jornal

Propaganda

Popular