Conecte-se conosco

Cidades

Arte e Agricultura: feira movimenta a economia em comunidade rural

Publicado

em

Arte e Agricultura: feira movimenta a economia em comunidade rural

Diversas atrações culturais estirem presentes na Feira que aconteceu na zona Rural de Teresina Fotos(Ascom/FMC)

Diversas secretarias municipais e Teresina se uniram para apoiar a realização da Feira de Artes e Agricultura Familiar promovida pelos moradores do Povoado Santa Luz de Baixo, na zona rural Norte da cidade. Durante este final de semana, produtores rurais e microempreendedores da própria comunidade tiveram a oportunidade de expor seus produtos e movimentar a economia da região através de vendas, exposições e negócios.

Para seguir uma determinação do prefeito Dr. Pessoa, em especial da primeira dama, Samara Conceição, nos dois dias de feira, diversos serviços foram oferecidos pela Prefeitura de Teresina, entre eles apresentações de músicos da Orquestra Sanfônica de Teresina, da cantora Leninha Alves e do cantor Filho Cabriola, que levou um repertório com o melhor do forró. A ação cultural foi uma iniciativa da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), que desde o início deste ano vem dando uma atenção às solicitações feitas por comunidades rurais que antes não tinham muito acesso à cultura.

O presidente da FMC, Scheyvan Lima, esteve na comunidade nos dois dias de feira. Ele falou sobre as iniciativas populares que vêm gerando oportunidades para trabalhadores rurais e que, por isso, precisam de um olhar especial da gestão pública. O gestor garantiu ações em outras comunidades tão logo acabem as medidas restritivas por conta da pandemia, e que a pasta da cultura irá preparar um calendário que garanta atividades culturais por toda a zona Rural.

“Teresina tem uma grande área rural que precisa ser assistida de tudo, inclusive de cultura, por isso, levaremos à FMC e seus serviços para cada uma dessas comunidades, a fim de dar respeito e dignidade aos homens e mulheres do campo”, confirma Scheyvan Lima, enfatizando ainda que o acesso à cultura é um direito de todos.

Bons negócios

Além dos diversos serviços públicos, durante a feira ocorreram leilões para arrecadar dinheiro para a reforma dos boxes utilizados pelos produtores rurais da comunidade.

O líder comunitário Moisés Teodoro falou que há dez anos a comunidade se mobiliza para realizar a feira e que este ano, por intermédio da primeira-dama, Samara Conceição, foi possível fazer uma festa maior e mais organizada.

“Pela primeira vez realizamos essa feira nesse formato, isso mostra que a atual gestão tem um olhar especial pela região rural”, conta Moisés Teodoro.

A empreendedora Luzia Maria Campos mora há 20 anos na comunidade trabalhando com produtos artesanais e a feira foi uma oportunidade para que ela pudesse vender os produtos e gerar renda para o sustento de sua família.

“Como não participo de outras feiras, aqui consigo promover meu trabalho sem sair de perto de casa, é uma iniciativa muito importante para as pessoas como eu, que não querem sair do campo”, conta Luzia Maria, afirmando ainda que conseguiu fechar bons negócios.

A Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves é o órgão responsável pela administração da pasta cultural no município de Teresina. Para saber mais sobre as ações nessa área, acesse o site cultura.teresina.pi.gov.br ou siga a página @cultura_the no Instagram.

=
Com Informação da Prefeitura de Teresina

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Equipes de limpeza conscientizam população da zona sul sobre o descarte irregular de lixo

Publicado

em

Por

Equipes de limpeza conscientizam população da zona sul sobre o descarte irregular de lixo

Dando continuidade ao trabalho de conscientização da população sobre o descarte irregular de lixo, as equipes de Coordenação de Limpeza Pública da SEMDUH estão, hoje (15), no bairro Santa Cruz, zona sul de Teresina. Esta é a terceira zona da cidade onde está sendo realizado esse projeto.

O mesmo trabalho já foi realizado no bairro Mocambinho, zona norte, e no bairro Beira Rio, zona sudeste. Os resultados são considerados bastante positivos, reduzindo o acúmulo de lixo nas ruas.

“Nos locais onde estamos realizando essa ação, temos obtido bons resultados. A população está mais consciente, a quantidade de pontos de descarte irregular diminuiu e nós vamos continuar com esse trabalho, atrelando ele a outras ações, como o plantio de árvores e flores em alguns desses locais mais críticos”, afirma o coordenador de limpeza pública da SEMDUH, Fabrício Amaral.

(Foto: Ascom/Semduh)

O objetivo desse trabalho é reduzir os ‘lixões a céu aberto’, provocados pela própria população, que usa as vias públicas e os terrenos ainda não murados para o descarte de todo tipo de resíduos. A SEMDUH mapeou alguns pontos “viciados” de descarte incorreto de lixo e é nesses locais onde os serviços de conscientização estão acontecendo.

Os serviços incluem limpeza dos pontos críticos, panfletagem, sensibilização de casa em casa, carro de som com informes e a instalação de uma placa indicando que é proibido jogar lixo no local.

(Foto: Ascom/Semduh)

Além de causar prejuízos à saúde pública aumentando a proliferação de mosquitos, jogar lixo em local proibido também entope as galerias e provoca alagamentos durante as chuvas. A primeira região contemplada com esta ação de conscientização foi o Bairro Beira Rio, na zona sudeste, e o segundo no Mocambinho, na zona norte.

Nesses locais, foram instaladas placas indicando a proibição do descarte de lixo e as equipes de limpeza vão de porta em porta nas residências próximas para conversar com os munícipes e explicar sobre os prejuízos.

(Foto: Ascom/Semduh)

As ações das equipes de limpeza estão acontecendo semanalmente, intercalando todas as zonas da cidade (norte, sul, sudeste, leste e centro). E todos os meses serão listadas novas áreas no cronograma, para que possamos chegar ao maior número de pessoas possível.

(Foto: Ascom/Semduh)

(Foto: Ascom/Semduh)

=
Com Informação da Prefeitura de Teresina

Continue lendo

Cidades

Moradores do Deus Quer recebem limpeza de fossas sépticas

Publicado

em

Por

Moradores do Deus Quer recebem limpeza de fossas sépticas

Dona Belinha Luz mora no Residencial Deus Quer há 32 anos e quando soube que havia um serviço de limpeza de fossas sépticas gratuita, ficou incrédula. “Eu fui tirar essa história a limpo, porque eu estava achando meio difícil uma coisa tão importante dessa”.

Ela foi se informar melhor e descobriu que o serviço existe e é muito fácil de solicitar. Basta o cidadão se dirigir à Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas – Sudeste com as cópias do RG, CPF e comprovante de residência. Após a abertura do protocolo, a equipe realiza uma visita domiciliar e encaminha os dados da família para a empresa, que vai agendar a data da limpeza.“Foi muito simples, bom demais! ”, comemora Belinha.  “Muito bacana, porque não é toda vez que a gente pode pagar para limpar e aparecendo uma oportunidade dessa a gente agarra com tudo”, afirma.

Belinha Luz recebe equipe da SAAD Sudeste (Foto: SAAD Sudeste)

A gerente de habitação da SAAD – Sudeste, Samara Cunha, conta que a prefeitura realiza esse serviço para famílias de baixa renda. “A família precisa ter uma renda de até 2 salários mínimos. Também não há prazo. Agora estamos limpando 20 fossas no Residencial Deus Quer, mas durante o ano inteiro estamos aceitando pedidos de limpeza de fossas de toda a região. É um serviço contínuo”, explica.

Elizângela Ribeiro também mora no Deus Quer e solicitou a limpeza da fossa de sua residência.  “É um benefício para nós, porque nem todo mundo tem renda para fazer essa limpeza e é uma questão de saúde. Principalmente quando chove, as fossas enchem e não temos como pedir para alguém limpar”, conta.

Elizângela Ribeiro faz cadastro para limpeza de fossas. (Foto: SAAD Sudeste)

O superintendente da SAAD – Sudeste, Zé Nito, comenta a importância do serviço. “Limpeza de fossas é saúde! Realizamos esse serviço todo mês e queremos que toda a população da zona sudeste saiba que é muito fácil solicitar. Estamos de portas abertas para todos os moradores”, conclui.

A SAAD – Sudeste fica localizada na Av. Dep. Paulo Ferraz, 1895 – Beira Rio.

=
Com Informação da Prefeitura de Teresina

Continue lendo

Câmbio

Capa

Tempo

Caro leitor,

Diariamente você recebe dezenas notícias no seu whatsapp. Algumas são verdadeiras, outras não.

Por isso, é tão importante poder contar com uma fonte de informação confiável – e independente.

É isso que nós fazemos. Produzimos conteúdo. De relevância e com qualidade. Nós checamos as informações antes de publicar para que você receba apenas a verdade.

Nós analisamos os fatos para que você construa sua opinião. Nós entrevistamos pessoas, confrontamos autoridades e cobramos resultados do setor público.

O Jornal Diário do Povo faz jornalismo. E para fazer bem feito, nós precisamos do seu apoio. Assine o jornal. Custa pouco, mas vale muito. 

Banca de Jornal

Popular