Conecte-se conosco

Cidades

Semcaspi lança Programa Abrace Nós para incluir pessoas com deficiência no mercado de trabalho

Publicado

em

Semcaspi lança Programa Abrace Nós para incluir pessoas com deficiência no mercado de trabalho

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), lançou na manhã desta terça-feira, (01), no Palácio da Música, Centro de Teresina, o Programa Abrace Nós, que promove a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. Durante o processo de implementação, o Programa Abrace Nós, realizou 36 atendimentos, 21 cadastros, oito encaminhamentos para cursos profissionalizantes e cinco para seleção de empregos.

Fotos: Ascom Semcaspi

Segundo o Prefeito de Teresina, Doutor Pessoa, o Programa Abrace Nós surgiu em um contexto de pandemia e declínio econômico e vai proporcionar inclusão social, visando oportunidades.

“A nossa gestão é integrada com o povo e vamos cuidar do nosso povo, dos excluídos, vamos caminhar forte, vamos investir em oportunidades para todos, olhando para a economia e caminhando fase das questões sociais. Esta é uma administração de inclusão e não de exclusão”, ressaltou.

Para o vice-prefeito de Teresina, Robert Rios, a Semcaspi cumpriu o desafio de lançar um programa de inclusão social, como processo da desterceirizar os serviços voltados às pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social.

“O lançamento deste programa é a resposta do Doutor Pessoa. É ele dizendo a Teresina: ‘eu tenho condição de montar equipes, sem precisar terceirizar nada’. Firmamos o compromisso de dialogar e atender as necessidades do povo. Teresina ouve a voz da periferia, dos excluídos e assim, Teresina será uma cidade diferente”, pontuou Robert Rios.

Eliana Lago, secretária da Semcaspi, conta que sempre teve sensibilidade de buscar compreender as pessoas com deficiência e destaca que o Programa Abrace Nós tem como objetivo somar aos serviços já existes para este público.

“A minha luta diante das pessoas com deficiência não é de hoje! Na minha vida sempre trabalhei com atendimento odontológico e ministrei disciplinas relacionadas a este tema. É um enorme orgulho estar lançando este programa que é inédito no município, feito pela atual gestão e que, com certeza, trará mudanças significativas para este público. O nome do programa, que foi pensado em conjunto com a coordenação de projetos da Semcaspi, em nome da Débora Ferraz e sua equipe, não é só da palavra nós, é nós de nó, um nó não se desfaz, um nó é todo mundo segura a mão de todo mundo e ninguém larga a mão de ninguém. É exatamente a proposta do Programa Abrace Nós, que inclui e capacita. Eu me sinto orgulhosa por estar, ainda na gestão da Semcaspi, entregando este programa para a sociedade teresinense”, comemora a secretária.

O lançamento do Programa Abrace Nós contou com a presença: da equipe da Semcaspi, secretária Eliana Lago, secretários executivos, gerentes e técnicos; do prefeito de Teresina, Doutor Pessoa; do vice-prefeito de Teresina, Robert Rios, do presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Teresina (CONADE-TE), Antenilton Marques da Silva; Mauro Eduardo, secretário da Seid; vereador de Teresina, Renato Berger; e da presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Maria Valdeníria da Silva.

INCLUSÃO SOCIAL

O coordenador do Programa “Abrace Nós”, Ricardo Oliveira, fala que a proposta do programa é garantir os direitos, promovendo a inclusão social, com equiparação de oportunidades e autonomia.

“O Programa Abrace Nós assume a responsabilidade de ofertar ações e estratégias de proteção social básica às pessoas com deficiência, principalmente, visando à inclusão deste público ao mercado de trabalho. Vamos atuar com a elaboração e oferta de cursos, capacitações, mediações de vagas de emprego, o fomento ao empreendedorismo, à autonomia e também visa despertar, cada vez mais, para o senso crítico e aos contextos inclusivos” explicou

ABRACE NÓS

O Programa “Abrace Nós” vai atuar no prédio da Semcaspi e no seguinte site www.abracenos.pmt.pi.gov.br, onde as pessoas com deficiência poderão se cadastrar e acompanhar os cursos de capacitação e as vagas de trabalho disponíveis.

=
Com Informação da Prefeitura de Teresina

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Previsão do tempo: INMET emite alerta de chuvas intensas no Piauí

INMET emite alerta amarelo e laranja para chuvas intensas no Piauí e na capital Teresina.

Publicado

em

Alerta de chuvas intensas no PIauí

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) emitiu alertas amarelo e laranja para chuvas intensas no Piauí. De acordo com as informações do órgão, a capital Teresina está sob alerta amarelo (perigo potencial), mas parte do território piauiense está sob alerta laranja (perigo).

As áreas do estado que estão sobre alerta laranja estão concentradas no sul do Piauí, conforme é possível ver no mapa. De Baixa Grande do Ribeiro até Sebastião Barros, todos os municípios piauienses estão afetados pelas chuvas intensas.

De Teresina a Dom Inocêncio, muito outros municípios estão sob alerta amarelo.

O INMET aconselha que em caso de rajadas de vento as pessoas não se abriguem debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas. Não se deve estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

É aconselhado que se evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada na hora das chuvas.

Continue lendo

Cidades

SEMDUH esclarece sobre o uso correto das lixeiras próprias para material reciclável

Publicado

em

Por

SEMDUH esclarece sobre o uso correto das lixeiras próprias para material reciclável

Lixo jogado de foma irregular nos depósitos de coleta seletiva no bairro Saci Fotos(Ascom/Semduh)

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH) esclarece à população de Teresina que as lixeiras de Coleta Seletiva são exclusivas para receber material reciclável. Recentemente, foi registrado na praça da Igreja Sagrado Coração de Jesus, na avenida Dr. Luís Pires Chaves, a principal do bairro Saci, zona Sul de Teresina, o descarte de lixo comum nessas lixeiras, o que é considerado irregular.

Esse tipo de conduta gera inúmeros prejuízos para todos como mau cheiro e proliferação de insetos transmissores de doenças. Além disso, a população que transita pelo local reclama da sujeira e do incômodo, especialmente para quem frequenta a praça como forma de lazer e local para praticar atividade física.

A SEMDUH reforça que o descarte irregular de lixo gera multa que vai de R$ 369 a R$ 3.690. “Nós temos a fiscalização do Programa Lixo Zero, que é diária, e também recebemos dezenas de mensagens de populares com imagens que flagram pessoas jogando lixo em local proibido. Não admitimos esse tipo de comportamento, por isso, estamos aplicando multas em quem é identificado nessas imagens. A população precisa fazer sua parte, não tem como a Prefeitura manter a cidade limpa se os próprios habitantes insistem em jogar lixo nas ruas”, alerta o secretário da SEMDUH, Edmilson Ferreira.

O gestor acrescenta que o descarte correto do lixo é o seguinte:

– Lixo doméstico: deve ser acondicionado em sacos plásticos e bem amarrados. Estes sacos devem ser colocados na porta das residências, dia sim e dia não, de acordo com a programação de coleta domiciliar de cada bairro.

– Material de construção, móveis usados e podas de árvore: devem ser descartados nos Pontos de Recolhimento de Resíduo (PRR).

– Material reciclável: deve ser descartado nos Postos de Entrega Voluntária (PEVs). Ao todo, são 21 postos espalhados por todas as zonas da cidade.

Com Informação da Prefeitura de Teresina

Continue lendo

Câmbio

Capa

Tempo

Caro leitor,

Diariamente você recebe dezenas notícias no seu whatsapp. Algumas são verdadeiras, outras não.

Por isso, é tão importante poder contar com uma fonte de informação confiável – e independente.

É isso que nós fazemos. Produzimos conteúdo. De relevância e com qualidade. Nós checamos as informações antes de publicar para que você receba apenas a verdade.

Nós analisamos os fatos para que você construa sua opinião. Nós entrevistamos pessoas, confrontamos autoridades e cobramos resultados do setor público.

O Jornal Diário do Povo faz jornalismo. E para fazer bem feito, nós precisamos do seu apoio. Assine o jornal. Custa pouco, mas vale muito. 

Banca de Jornal

Popular