Conecte-se conosco

Cidades

Teresina registra queda de 47% nas internações por síndrome respiratória aguda grave

Publicado

em

Teresina registra queda de 47% nas internações por síndrome respiratória aguda grave

Dados do Comitê de Enfrentamento a Covid-19 (COE) apontam a redução de 47% nas internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) em Teresina. O dado está na análise da 17ª semana epidemiológica, no período de 25 de abril a 01 de maio, em relação à 13ª semana, de 4 a 10 de abril, considerada como o pior momento da pandemia neste ano.

Em relação à semana anterior, a queda foi de 9% e já reflete na redução das filas por internação em enfermarias e Unidades de Terapia Intensiva. A queda nas atendimentos por síndromes gripais foi de 2,5% em relação à última semana e de 14% em relação ao período de 4 a 10 de abril.

Os dados em relação ao número de testes RT-PCR realizados caíram em 38% em relação à semana anterior e a positividades dos testes reduziu de 32% para 28%, graças à triagem realizada pelo teste rápido de antígeno em swab nasal que está sendo feita previamente pelas Unidades de Saúde.

O integrante do COE, infectologista Walfrido Salmito, explica que pela análise do COE, os dados apontam o início do declínio da segunda onda da Covid em Teresina. “A redução dos óbitos está em torno de 33% entre as duas últimas semanas e o número básico de reprodução da Covid ficou abaixo de 1 nesta 17ª semana epidemiológica”, diz. Ele informa que permanecerá o monitoramento continuo como ferramenta essencial para as tomadas de decisão em saúde pública.

Para o presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Gilberto Albuquerque, apesar dos dados, é necessário manter atenção as novas cepas, linhagens e variantes do SARS-COV-2. “Todas as pessoas devem manter as medidas para evitar o contágio, como a higiene das mãos, o distanciamento e até as que foram vacinadas com as duas doses devem seguir essas recomendações”, diz.

Em relação à semana anterior, a queda foi de 9% e já reflete na redução das filas por internação em enfermarias e Unidades de Terapia Intensiva. Foto: Ascom (FMS)

=
Com Informação da Prefeitura de Teresina

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

FMS inicia vacinação de pessoas com comorbidades

Publicado

em

Por

FMS inicia vacinação de pessoas com comorbidades

 

Fotos: Ascom FMS

Teve início nesta quinta-feira (6) em Teresina a vacinação de pessoas com comorbidades com idade entre 55 e 59 anos. A vacinação desta data é exclusiva para quem fez agendamento no site http://vacinaja.fms.pmt.pi.gov.br/ e que comprove com documentos a comorbidade.

Um dos pontos de vacinação é o Hospital da Primavera, onde na manhã de hoje, o comerciário Edvan Sousa, 57, anos recebeu a primeira dose. “Eu tenho hipertensão grave há mais de 20 anos e faço uso de duas medicações para o controle da pressão”, falou.

Ele que já teve Covid, na forma branda, ressalta as necessidades das pessoas manterem os cuidados. “Vou seguir mantendo distanciamento e a higienização das mãos enquanto durar esta pandemia. Cada um tem que fazer a sua parte”, diz.

Emanuelle Dias, coordenadora da vacinação Covid na capital, informa que só deve ir aos postos nos hospitais quem fez o agendamento. “Essa modalidade seguirá até dia 9, as pessoas precisam ficar atentas na documentação correta ao irem se vacinar e levar original e cópia”.

=
Com Informação da Prefeitura de Teresina

Continue lendo

Cidades

Prefeitura de Teresina inaugura Observatório do Clima

Publicado

em

Por

Prefeitura de Teresina inaugura Observatório do Clima

A Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAM) e a Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Centro, inaugurou o Observatório de Mudanças Climáticas de Teresina.

No local, serão realizadas ações de monitoramento e análise do clima, estudos de prevenção e mitigação de riscos para o município, além de educação ambiental com escolas e universidades.

Todo o espaço que vai abrigar a equipe de pessoal especializado para realização dos trabalhos já está concluído. Agora está sendo feita a aquisição dos materiais e equipamentos para o Observatório do Clima.

“Esse é um observatório da natureza. Há muito tempo que a Organização das Nações Unidas discute essa questão climática. Precisamos de um avanço econômico, mas com equilíbrio ecológico”, destacou o prefeito Dr. Pessoa.

A secretária Elisabeth Sá afirmou que esse é um dos momentos mais importantes para o meio ambiente e que o Observatório do Clima será um espaço de trabalho, mas sobretudo de estudos.

“Estou muito feliz em fazer parte desse momento tão importante para o nosso Meio Ambiente. O principal objetivo é desenvolver a execução do Observatório de Mudanças Climáticas, atendendo 3.400 (três mil e quatrocentos) jovens e adultos, através de cursos que proporcionem aos alunos a aquisição dos conhecimentos básicos para a adoção de comportamentos de segurança, de prevenção e gestão adequada do risco”, finalizou a secretária.

Também hoje, no Parque da Cidade, foi inaugurada academia popular, que deve atender aos visitantes e moradores da região Norte de Teresina.

No local, serão realizadas ações de monitoramento e análise do clima, estudos de prevenção e mitigação de riscos para o município Fotos(Rômulo Piauilino / Semcom)

=
Com Informação da Prefeitura de Teresina

Continue lendo

Câmbio

Capa

Tempo

Caro leitor,

Diariamente você recebe dezenas notícias no seu whatsapp. Algumas são verdadeiras, outras não.

Por isso, é tão importante poder contar com uma fonte de informação confiável – e independente.

É isso que nós fazemos. Produzimos conteúdo. De relevância e com qualidade. Nós checamos as informações antes de publicar para que você receba apenas a verdade.

Nós analisamos os fatos para que você construa sua opinião. Nós entrevistamos pessoas, confrontamos autoridades e cobramos resultados do setor público.

O Jornal Diário do Povo faz jornalismo. E para fazer bem feito, nós precisamos do seu apoio. Assine o jornal. Custa pouco, mas vale muito. 

Banca de Jornal

Popular