Conecte-se conosco

Cidades

Universidade de Washington projeta para abril o pico da pandemia no Piauí

Número de mortes no Piauí por covid-19 atingiria o maior número diário no início do próximo mês

Publicado

em

Projetação de mortes covid-19 no Piauí

Estudo do Instituto de Métricas e Avaliação de Saúde (IHME), centro independente de pesquisa em saúde global da Universidade de Washington, aponta para 7 de abril o pico da pandemia no Piauí. Segundo a projeção de dados, seria nessa data que o estado atingiria o maior número de mortes diárias por covid-19.

A projeção do IHME era de que o Piauí atingiria 3.446 óbitos pela doença no dia 7 de março. Os dados deste dia divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (SESAPI) registraram 3.485 mortes por covid-19 em território piauense, 39 a mais do que a projeção da Universidade de Whasington. O estudo tem mantido um grau de acertividade e a projeção para os próximos três meses é assustadora.

Projeção de Mortes por Covid-19 no Piauí

Pico da pandemia no Piauí teria 45 mortes diárias no pior cenário

Para o dia 7 de abril, o estudo projeta 35 mortes diárias no Piauí – neste caso, o levantamento considera a ampliação da vacinação e apenas a variante B.1.1.7, sem condierar a variante P.1, de Manaus, que se espalha pelo país. No pior cenário, seriam 45 óbitos por covid-19 em 24 horas.

Haveria, segundo o IHME, uma queda signficatica de vítimas no Piauí a partir do dia 01 de julho, quando o número de mortes em decorrência da doença caia para 4 em um dia. Até lá, o Piauí teria acumulado 5.565 óbitos.

A análise dos números revela que só nos próximos três meses a covid-19 mataria no Piauí quase 60% o número de vítimas total dos últimos doze meses de pandemia. Em 28 de março de 2020, desde que registrou a primeira morte por covid-19, o estado aculumou 3.485 vítimas fatais. Neste próximo trimestre seriam 2.080 mortes.

3 Comentários

3 Comments

  1. Pingback: Novo decreto do governo do Piauí suspende cirurgias eletivas

  2. Pingback: Covid Piauí: 1.409 novos casos e 32 mortes por Covid em 24h

  3. Pingback: A tragédia anunciada das mortes por Covid-19 no Piauí - Jornal Diário do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

SAAD/Leste inicia retirada de outdoors irregulares em Teresina

Publicado

em

Por

SAAD/Leste inicia retirada de outdoors irregulares em Teresina

A Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD/Leste) inicia dia (17), próxima segunda-feira, uma operação de limpeza de outdoors e anúncios publicitários irregulares. James Guerra, superintendente da SAAD/Leste, informou que providenciará a retirada de todos os outdoors irregulares, distribuídos em dez avenidas da zona Leste de Teresina.

Todas as publicidades expostas em prédios ou áreas abertas (outdoors, placas, faixas, bandeiras e outros) devem ser autorizadas pelo poder público e, segundo o superintendente, para coibir a prática irregular, os proprietários terão o prazo de 72 horas para regularizá-las.

“A nossa equipe, verificando que não havia processo de regulamentação dos outdoors, notificou todos os proprietários das empresas de publicidade e propaganda que exploram essa atividade, a no prazo de 72 horas, apresentá-los regulares ou o licenciamento dos que estão em utilização. Passado este prazo, e não tendo obtido a resposta, a SAAD/Leste adotará as providências de retirada imediata dessas propagandas”, advertiu Guerra.

O trabalho será iniciado pelas avenidas Nossa Senhora de Fátima, presidente Kennedy, Dom Severino, Homero Castelo Branco, Cajuína, João XXIII, avenida dos Expedicionários, Petrônio Portela e Zequinha Freire.

Todas as publicidades expostas em prédios ou áreas abertas devem ser autorizadas pelo poder público Fotos(Ascom/SAAD Leste)

=
Com Informação da Prefeitura de Teresina

Continue lendo

Cidades

Agendamento para vacina contra a Covid em hospitais é reaberto

Publicado

em

Por

Agendamento para vacina contra a Covid em hospitais é reaberto

A Fundação Municipal de Saúde está abrindo mais uma vez hoje (11) o cadastro para a vacinação contra a covid-19 para pessoas de 55 a 59 anos com comorbidades. O agendamento será para amanhã (12) em uma das sete salas de vacina específicas para a imunização definidas pela FMS.

Para fazer o agendamento, basta acessar o site http://vacinaja.fms.pmt.pi.gov.br/ e clicar no botão “agendamento público alvo”. Abrirá uma página onde a pessoa deve inserir seu CPF e escolher a opção “Pessoas com comorbidade de 55 a 59 anos” e confirmar, para então inserir seus dados pessoais e escolher local, dia e hora de receber sua primeira dose.

Os pontos disponíveis para a vacinação são os hospitais da Primavera, Dirceu, Promorar, Buenos Aires, Mocambinho, Hospital Getúlio Vargas (HGV) e Hospital Universitário da UFPI (HU). No momento da vacinação, é necessário apresentar um documento pessoal com foto (RG ou CNH); um laudo, declaração ou receita médica que comprove a comorbidade e o cartão de vacina.

O imunizante aplicado nestes locais será o produzido pelo laboratório Pfizer, que requer condições especiais de armazenamento e aplicação, e por isso está restrito a hospitais. A FMS esclarece que as vacinas aplicadas ainda são as recebidas no lote da semana passada, que por determinação da Secretaria Estadual de Saúde foi reservada apenas para este público em específico. “Estamos aguardando o recebimento de novas doses e orientações do Ministério da Saúde para ampliarmos a imunização com esta vacina”, diz Emanuelle Dias, coordenadora da vacinação contra a Covid-19 em Teresina.

O imunizante aplicado nestes locais será o produzido pelo laboratório Pfizer. Foto: Ascom (FMS)

=
Com Informação da Prefeitura de Teresina

Continue lendo

Câmbio

Capa

Tempo

Caro leitor,

Diariamente você recebe dezenas notícias no seu whatsapp. Algumas são verdadeiras, outras não.

Por isso, é tão importante poder contar com uma fonte de informação confiável – e independente.

É isso que nós fazemos. Produzimos conteúdo. De relevância e com qualidade. Nós checamos as informações antes de publicar para que você receba apenas a verdade.

Nós analisamos os fatos para que você construa sua opinião. Nós entrevistamos pessoas, confrontamos autoridades e cobramos resultados do setor público.

O Jornal Diário do Povo faz jornalismo. E para fazer bem feito, nós precisamos do seu apoio. Assine o jornal. Custa pouco, mas vale muito. 

Banca de Jornal

Popular