Conecte-se conosco

Cidades

Morre ‘Seu Abrahão”

Morte do ‘Seu Abrahão do Suco’ aos 92 anos deixa Teresina em luto

Publicado

em

‘Seu Abrahão’ abriu as portas de sua lanchonete em Teresina durante 64 anos. A placa na entrada marcava o ano da inaguração: “Desde 1957 – Tradição – Suco do Abrahão”. Gerações de teresinenses frequentavam o local. Do mais humilde ao rico. ‘Seu Abrahão’ manteve por mais de seis décadas uma preocupação com preços acessíveis, criando um ambiente democrático onde todos podiam frequentar.

Durante a pandemia da Covid-19, ‘Seu Abrahão’ não se afastou da lanchonete. Há alguns meses já não atendia no balcão, mas continuava jogando damas com amigos. No último dia 16 de fevereiro uma última foto com um cliente. Os dois, sem máscara.

Nesta sexta-feira, 19 de março, ‘Seu Abrahão’ faleceu. Relatos não confirmados ainda indicam ser ele mais uma vítima da Covid-19 na cidade. Não apenas do vírus, mas da superlotação de hospitais públicos e privados e da falta de leitos de UTI.

Seu Abrahão‘ tinha 92 anos. Nenhuma doença aparente, apenas o peso da idade. Era do grupo de risco. Foi vacinado contra a Covid-19 e recebeu a segunda dose da vacina no último dia 8. Segundo relato feito por um sobrinho ao cidadeverde.com, ‘Seu Abrahão‘ teria começado a sentir sintomas da doença no sábado (13), cinco dias depois de tomar a segunda dose.

“Mas, ele estava bem. Se recuperando em casa. Só que de ontem para hoje começou a se sentir mal. Levamos ele em todos os hospitais tanto públicos como privados e não tinha vaga.”

josé augusto aquino, sobrinho do ‘seu abrahão’, em relato ao cidadeverde.com

Segundo o relato do sobrinho, ‘Seu Abrahão’ não consegui atendimento médico. Às 5h os vizinhos ouviram o som das sirenes da ambulância. Alguns deles confirmaram que ele tinha sintomas de Covid-19 e que outros familiares estariam isolados em casa com a doença.

“Seu Abrahão” consquistou gerações de teresinenses

Estima-se que uma geração dure cerca de 10 anos. “Seu Abranhão” conquistou quase sete gerações de teresineses. Cativados por sua simplicidante e tradição, Teresina manteve um elo forte de ligação com aquela lanchonete, mas, principalmente, com aquele senhor sentado atrás do balcão.

Num dos raros vídeos, o jornalista e radialista Sérgio Holom, captou, em 2017. Na época, “Seu Abrahão” tinha 89 anos.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *