Conecte-se conosco

Cidades

Último decreto do governo do Piauí suspende cirurgias eletivas

Cinco hospitais da capital são impactados pelo novo decreto

Publicado

em

O governo do Piauí editou um último decreto que suspende a maior parte das cirurgias eletivas na rede pública estadual de saúde afentando os principais hospitais da capital Teresina. As cirurgias eletivas oncológicas, neurológicas e cardiológicas, além de urgência e emergência estão mantidas.

A decisão de Wellington Dias e a publicação do último decreto do governo do Piauí tem uma relação direta com a taxa de ocupação de leitos para covid-19 no estado. O objetivo é desafogar o sistema de saúde.

O governo do Piauí também decidiu destinar toda a estrutura do Hospital da Polícia Militar para atender prioritariamente e de forma exclusiva os casos de covid-19. O HPM tem 50 leitos exclusivos para a doença.

Veja os hospitais impactados pelo último decreto do governo do Piauí

As cirurgias nestes hospitais da rede pública estadual de saúde estarão suspensas a partir desta quinta-feira (11).

Hospital Getúlio Varga
Hospital da Polícia Militar
Hospital Universitário
Hospital São Carlos Borromeo
Hospital Infantil Lucidio Protela

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *